23/09/2011

Resenha: Glee, O Início

Título Original: Glee: The Beggining
Autor: Sophia Lowell
Editora: Galera Record
Páginas: 224
      Certo? Então prepare-se: você está convidado a andar pelos corredores, ouvir as fofocas e participar dos dramas do colégio McKinley — antes mesmo de o New Directions existir aos olhos do Sr. Schuester —, e descobrir tudo o que você sempre se perguntou sobre seus personagens favoritos.     Qual foi a primeira vez que Rachel viu Finn com outros olhos? Como Quinn e Puck começaram seu romance secreto? Quando Mercedes passou a confundir os conceitos de “amigo gay” e “namorado”? E como será que o então amador clube do coral sobrevivia sem um líder destemido? Dica: não era exatamente um sucesso. Preparem a voz e também as raspadinhas: está na hora de descobrir tudo o que aconteceu — em detalhes — com os integrantes do clube Glee antes do grande espetáculo começar.       Escrito por Sophia Lowell, é baseado na série de TV da Fox criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan. Desde a primeira temporada, Glee é um sucesso em todo o mundo e já foi indicada para 19 prêmios Emmy e 11 Golden Globes.  
      Sou suspeita para falar qualquer coisa de Glee, levando em conta meu amor incondicional pela série e o quanto me identifico com a Rachel Berry, que é bastante citada no livro. Porém, tentarei ser imparcial.
      A narrativa é em 3ª pessoa e o narrador é onipresente, sabendo os sentimentos de cada personagem.
      Eu adorei o livro! Por ser uma história anterior ao primeiro episódio da série, logo, não modifica nada do seriado, apenas explica melhor como começou o Clube Glee e alguns relacionamentos.
      Não fará falta se você não ler o livro, mas é bom para quem gosta de um “passado” dos personagens. Pois mostra o começo do romance de Quinn e Finn, como Rachel começou a se interessar por Finn e como Puck e Quinn começaram a ter um romance proibido.
      O livro é ótimo tanto para quem é fã, quanto quem não é, porque quem é fã complementa seu amor pela série e quem não é pode tê-lo como uma leitura adolescente normal, contando histórias típicas de colegial americano com direito a Baile de Boas Vindas e as costumeiras panelinhas dos populares, rejeitados. Bem Glee mesmo.
      A escrita foi muito bem feita, numa linguagem fácil de entender. Qualquer leitor ávido termina de ler o livro em apenas um dia, mas eu, como gosto de me jogar de cabeça na leitura, demorei um pouquinho mais “viajando” nos acontecimentos.
      Qualquer um vai adorar ler as primeiras aventuras do Clube Glee para conseguir seu lugar no colégio McKinley; vai se apaixonar pelo ingênuo Finn e o sedutor Puck; se irritar com o jeito mandão de Rachel. Sem esquecer de se divertir com as mancadas de Brittany e as frases marcantes de Kurt e Mercedes.
      Pra mim, foi um dinheiro bem investido, vale a pena ler! 

6 comentários:

  1. Vale a pena mesmo ter?
    A capa nao me chamou muito a atencao mas voce falou com tanto animo do livro que da vontade de ler.

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá meninas!
    Eu já li esse livro e gostei bastante. Apesar de sentir falta do principal de Glee: as músicas!rs
    Adorei o blog e já estou seguindo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Hi!

    Eu não conheço muito de Glee porque não vejo a série mas o livro me interessou! Gostei da resenha ^^

    Bjoos

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo blog, meninas!
    É uma gracinha, mesmo.

    Adoro Glee e tive que vir direto
    neste post. Obrigada por seguirem
    o Talentosa!

    Estou em quase todas as redes sociais.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. aain adoro glee mas n sei se leria o livro.. sabe qnd n chama a atenção? =/
    ms assim a resneha está otima *-*
    beijoos

    Cabelos ao Vento
    http://blogcabelosaovento.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ei! Tem selinho pra vocês lá no blog!

    bjos

    http://coracaoliterario.blogspot.com/2011/09/selinho-01.html

    ResponderExcluir