29/10/2011

Resenha: Lonely Hearts Club

Título Original: Lonely Hearts Club
Autor: Elizabeth Eulberg
Editora: Intrínseca
Páginas: 240

Penny Lane Bloom cansou de tentar, cansou de ser magoada e decidiu: homens são o inimigo. Exceto, claro, os únicos quatro caras que nunca decepcionaram uma garota - John, Paul, George e Ringo.
E foi justamente nos Beatles que ela encontrou uma resposta à altura de sua indignação: Penny é fundadora e única afiliada do Lonely Hearts Club - o lugar certo para a mulher que não precisa de namorados idiotas para ser feliz. Lá, ela sempre estará em primeiro lugar, e eles não são nem um pouco bem-vindos.
O clube, é claro, vira o centro das atenções na escola McKinley. Penny, ao que tudo indica, não é a única aluna farta de ver as amigas mudarem completamente (quase sempre, para pior) só para agradar aos namorados, e de constatar que eles, na verdade, não estão nem aí para elas.
Agora, todas querem fazer parte do Lonely Hearts Club, e Penny é idolatrada por dezenas de meninas que não querem enxergar um namorado nem a quilômetros de distância. Jamais. Seja quem for. Mas será realmente que nenhum carinha vale a pena?

Depois de uma decepção amorosa, quem nunca parou e disse: “eu nunca mais vou passar por isso de novo”? Penny Lane, após sofrer com isso, decide criar o Lonely Hearts Club (o nome é em referência ao álbum dos Beatles Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band). 

"Eu olhara para aquele pôster todos os dias nos últimos sete anos. Escutara aquele disco, um dos meus favoritos, centenas de vezes. Era como se sempre tivesse uma única e longa palavra para mim, SgtPepper'sLonelyHeartsClubBand. Mas agora três palavras sobressaíam, e vi algo completamente novo."

O livro é cheio de referência as músicas dos Beatles, e só de saber disso já tive vontade de compra-lo, já que eu sou uma grande fã da banda, conheço a história e isso acabou me fazendo me identificar muito com a Penny (e ter inveja dos pais super fãs também, é claro, sempre quis que meus pais gostassem tanto de Beatles quanto eu – os pais da Penny, por falar nisso, são uma comédia! Adorei os dois!).

A história é leve e cheia de clichês, mas faz com que você sinta que você está no comando da sua vida, não um garoto. Um garoto não faz o mundo girar. Esteja feliz consigo mesma e conte com o apoio das suas amigas, essa foi a lição que eu aprendi no livro. E esse livro veio em um momento muito oportuno na minha vida, pois eu também acabo de me livrar emocionalmente de um idiota... então, me fez ver que eu posso ser feliz de novo – é só eu acreditar que isso vai acontecer.

É um livro pequeno – 240 páginas, logo é muito rápido de se ler e quando você se envolve com a história (assim como eu me envolvi) você acaba terminando de ler e nem percebe que já chegou ao fim.

Ele é narrado em primeira pessoa, e eu particularmente, adoro esse tipo de narração pois para mim, faz o leitor se envolver mais com a história.

Na história, você irá conhecer Tracy e Diane, as duas melhores amigas de Penny, duas personagens que me encantaram pela forma como elas amadureceram durante o livro. A Diane com certeza me inspirou a correr atrás dos meus sonhos (não vou contar mais nada além disso! Haha)

O livro leva um super ponto por ter tantas referências às músicas dos Beatles! A medida que eu ia lendo o livro, me dava mais e mais vontade de ouvir, segundo a Penny, aqueles garotos que nunca me decepcionariam: John, Paul, George e Ringo.

"Só havia uma coisa que eu podia fazer para aliviar a dor. Recorri aos únicos garotos que nunca tinham me decepcionado. Os únicos caras que nunca partiram meu coração, que nunca me desapontaram. John, Paul, George e Ringo. Qualquer um que já tenha se agarrado a uma música como a um bote salva-vidas vai entender."

Super recomendo esse livro para todas as garotas que já tiveram seu coração despedaçado, para todas aquelas que precisam ver que isso vai passar e eu posso garantir: isso passa. 

18 comentários:

  1. Adorei a resenha, sério.
    Se eu já estava com vontade de ler esse livro agora lê-lo é uma necessidade, rs.

    ResponderExcluir
  2. Eu estou MORRENDO de vontade de ler esse livro. Já li tantas resenhas.. e esse livro parece ser tão o meu estilo. Fiquei mais ansiosa ainda :)

    Beijocas,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu li resenhas fantásticas sobre esse livro e estou com muuuuuuuuuuita vontade de ler parece ser bem divertido e de fácil leitura e mesmo que eu não seja super fã dos Beatles estou bem curiosa.

    Beijos

    Amigas entre livros

    ResponderExcluir
  4. Ameeeeeeeeeeeeei essa resenha esse livro parece ser muito bom! Agora eu fiquei curiosa pra ler essa história!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/
    Mil Beijos! *---------*

    ResponderExcluir
  5. Também li muitas resenhas positivas sobre o livro. Estou pensando seriamente em lê-lo, mesmo a temática não me interessando muito "garotas que já tiveram seu coração despedaçado".
    Enfim, sua resenha ficou ótima. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oooi Luara... Estou curiosa agora para ler o livro, por que já tinha visto a capa mais não sabia do que exatamente se tratava. Nada complexo. Gostei do fato de principalmente criar tipo, um "grupo" ahuahuah

    Mas enfim, sua resenha está ótima.

    Beijos

    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  7. Ainda não me decidi se leio ou não este livro. Também gosto de livros narrados em primeira pessoa.
    Dúvida: Com tantas referencias musicais dos Beatles, isso não atrapalha a quem não conhece tão bem o trabalho da banda?

    Bjs.
    Paraíso Em Papel

    ResponderExcluir
  8. Luara, muito boa a resenha, eu já li este livro de tamanha curiosidade q estava com tantos comentários positivos, e não me decepcionou nem um pouco, pelo contrário a vontade q dá é de reler no final...
    Vanessa, eu que também não era muito conhecedora das músicas, acabei por baixá-las e ir escutando, porque as referências das letras se encaixam com o contexto, então acaba que te leva a curiosidade de escutar as músicas (pelo menos foi o que me aconteceu!)
    Parabéns pela resenha e pelo blog...
    bjo
    @fran_kukuty / http://www.misskukuty.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Luara!

    Desde quando eu vi aquela frase acima do nome da autora pensei: quero ler esse livro..apesar de não ouvir Beatles, tbm não sou contra. Sempre tão bom quando os outros personagens nos encantam. E com certeza sempre a dor passa, demora, mas passa rs

    E a capa é super fofinha e criativa!

    Beijos ^^

    ResponderExcluir
  10. Oii
    Aii eu quero muito esse livro!
    Nha e clichês existem por algum motivo né?
    Geralmente pra deixar a gente suspirando depois da leitura HAHAAHAHA
    Ou com medo...

    Ótima resenha

    beijos
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Hey estou seguindo seu blog, gostei bastante dele, é bem organizado, gostei também da resenha, estou louca pelo livro!
    Estou seguindo, se puder seguir meu blog também eu agradeço.
    http://www.temosmuitomaispradizer.com
    Não deixe de comentar na minha resenha de Ladões de Elite, comentando você ganha mais pontos para a próxima promoção do blog!
    Beijinhos.
    Becca.
    Porque palavras são nossa inesgotável fonte de magia.

    ResponderExcluir
  12. Eu simplesmente amei Lonely Hearts Club e concordo com tudo o que você disse na resenha. Eu fui ler por curiosidade, pois também adoro Beatles, mas fui surpreendida pela história e pelo estilo de escrita da autora!

    beijo

    ResponderExcluir
  13. Comprei este livro pela capa!
    Tenho uma verdadeira paixão/obsessão por capas, rs.

    Li este livro há uns meses e foi uma aventura maravilhosa! Mesmo sendo voltado mais para o público infanto-juvenil, a história não deixa de agradar aos "grandinhos".

    A ideia do clube foi maravilhosa e algumas passagens e trechos de músicas dos Beatles tornaram o livro mais encantador!

    Vale muito a pena a leitura!
    Continue neste ritmo de resenha! Ficou ótima!

    Bjinhos

    Dani

    ResponderExcluir
  14. Eu adorei a capa e a sinopse, assim que Intrínseca anunciou o lançamento, eu já queria comprar AHSUAHSUAH... Mas acredita que até hoje nunca li o comprei? Muuuita vergonha agora! Já li várias resenhas positivas, apesar de ser meio clichê, acredito que é um daqueles livros feitos pra te deixar feliz e lembrar que não é preciso um menino pra sua vida ser completa :D.
    Obs.: Adorei a resenha e os quotes! Também sou super fã dos Beatles <3
    Bjs :*
    Isa ~ portal dos livros

    ResponderExcluir
  15. Então, não sou uma garota... é recomendável para mim também??? UASUASUH *-*
    amei a resenha, e quero muito ler esse livro hahaha'
    beijos

    --
    Gabriel M. Souza
    http://carolespilotro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha!Quando achei esse livro no Skoob,pirei,mas ainda nem consegui ler!Sou muito fã de Beatles também.

    Mariana Pereira
    http://aqualquerinstante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Luara!
    Acabei de ler o livro! Achei meio fraquinho, mas tbm não é muito para minha faixa etária, e nunca fui grande fã dos beatles! rs
    É legalzinho, mas já coloquei ele na roda das trocas no skoob, não faz muito meu estilo para querer relê-lo!
    Boa resenha a sua, viu?!

    Bjoos

    ResponderExcluir
  18. Oi! Li sua menssagem no skoob e vim ver a resenha. Adorei, sério! Só me deu mais vontade ainda de ler o livro! Eu também tenho um blog, só que é de moda, mas se você se interessar e querer comentar agradeceria muito!! Beijoos, Paola.

    ResponderExcluir