16/11/2011

Resenha: Eu Sou O Mensageiro

Título OriginalI Am The Messenger
AutorMarkus Zusak
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Venha conhecer Ed Kennedy. Dezenove anos. Um perdedor.

Seu emprego: taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados.

Sua missão: algo de muito importante, com o potencial de mudar algumas vidas. Por quê? Determinado por quem? Isso nem ele sabe.

Markus Zusak, autor do best-seller A Menina que Roubava Livros, nos fornece essas respostas bem aos poucos neste incomum romance de suspense, escrito antes do seu maior sucesso. O que se sabe é que Ed, um dia, teve a coragem de impedir um assalto a banco. E que, um pouco depois disso, começou a receber cartas anônimas. O conteúdo: invariavelmente, uma carta de baralho, um ou mais endereços e... só. Fazer o que nesses lugares? Procurar quem? Isso ele só saberá se for. Se tentar descobrir. E, com o misto de destemor e resignação dos mais clássicos anti-heróis, daqueles que sabem não ter mesmo nada a perder nesse mundo, é o que ele faz.

Ed conhecerá novas pessoas nessa jornada. Conhecerá melhor algumas pessoas nem tão novas assim. Mas, acima de tudo, a sua missão é de autoconhecimento. Ao final dela, ele entenderá melhor seu potencial no mundo e em que consiste ser um mensageiro.

Que resenha difícil de fazer. Primeiro, porque é difícil de contar um pouco do livro sem dar spoiler. Mas vou tentar fazer o possível.

O livro conta a história de Ed, um garoto de 19 anos que tem sua vida virada ao avesso após um assalto. Ele passa a receber cartas de baralho pelo correio e nelas há informações e ele tem que entregar “mensagens”.

“O assaltante é um mané. Eu sei disso. Ele sabe disso. O banco inteiro sabe disso. Até meu parceirão Marvin, que é mais mané do que o assaltante, sabe disso.”

É um livro muito divertido. Me encantei com o Porteiro, o cão fiel (e fedorento) do Ed. Adorei o Marv, o Ritchie e a Audrey, os melhores amigos que estão sempre dispostos a jogar um carteado. Fiquei com raiva da mãe do Ed por certas coisas que ela diz. Enfim, eu me envolvi muito com a história.

Admito que no meio do livro, eu comecei a achar a história chata. O livro é divido em 5 partes, cada parte é uma carta que ele recebe pelo correio. Quando eu cheguei na 3ª, já achei que repetia muito as coisas, sabe? Ele recebia a carta e tinha que resolver o que estava sendo pedido. Mas já na 4ª carta, essa sensação do livro ser chato acabou passando e me fez ver que ele é maravilhoso!

A linguagem, pelo menos no começo do livro, é cheia de palavrões. Mas cheia MESMO! Com o passar da história, diminui. Mas é isso que dá a intensidade do livro, porque não faria nenhum sentido se o Ed e os amigos falassem em uma linguagem mais formal, já que eles moram em uma periferia, são pessoas que não fazem nada da vida.

O livro é em primeira pessoa e te leva através de todos os detalhes da vida do Ed. Podemos ver o crescimento do personagem, o autoconhecimento. É incrível ver como era o Ed antes de receber as cartas e o que ele se tornou depois de conhecer tantas pessoas que mudaram sua vida para sempre.

A diagramação dos capítulos é muito legal. Como eu já disse, o livro é dividido em 5 partes, cada uma para cada carta que ele recebe. E os capítulos dentro dessas partes vão de acordo com a ordem do baralho. Do Ás até o Rei. Como eu sempre gostei de jogar um carteado, achei super legal. Para pessoas que não gostam, pode ser só um detalhe de nada, mas eu adorei!

No final do livro, já na 4ª carta, eu já não conseguia parar de ler. Minha curiosidade pra saber quem tinha mandado as cartas me dominou de uma forma que eu não consegui largar o livro até descobrir quem era.

Quando eu finalmente descobri quem tinha mandado as cartas, me decepcionei. Pra mim não fez sentido ter sido a tal pessoa. E aqui vai uma perguntinha pra quem já leu o livro: vocês viram sentido? Se tiverem visto algum, me avisem, porque eu não vi!

Mas o que importa não é quem mandou as mensagens, e sim o que elas significaram. Há uma evolução tão grande do personagem que faz a gente avaliar nossa própria vida. Será que estamos fazendo as escolhas certas? Será que a gente não poderia fazer um pouco mais pelo próximo?

"Às vezes as pessoas são bonitas.
Não pela aparência física.
Nem pelo que dizem.
Só pelo que são."

Recomendo muito o livro pela evolução magnífica da história e do personagem! 

42 comentários:

  1. Esse livro é ótimo, eu li e fiquei apaixonada! Assim como vc, teve uma hora que achei que ficou chatinho, mas não afeta em nada o brilho do livro. MUITO BOM!
    Bjoo ;*
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Hummmm, interessante!
    É uma proposta bem diferente de A Menina que Roubava Livros (que eu por acaso adorei).
    Gosto de livros com suspense e a sua sinopse me deixou curiosa!
    Já estou colocando na minha lista de leitura!!! :)
    Obrigada pela dica!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi! Eu quero muito ler esse livro, e essa é a primeira resenha que leio sobre ele! Parece ter uma mensagem linda, e como você deixou dito, tem uma evolução do personagem/história/enredo que deve ser muito mais fascinante!
    Obrigada por seguir o meu cantinho, já estou seguindo o seu, é muito cute *------*
    Beijos, até mais.
    Débora.

    enfimdesasabertas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Marcus Suzak é incrível *-* ainda não li esse livro, mas pude ler outro que me encantou muito *-*
    vi sua caixinha de correio ontem *-* parabéns, ficou ótima. espero que seja a primeira de muitas.
    beijos flor.
    boa quinta

    ResponderExcluir
  5. Já li algumas resenhas sobre esse livro, e todas fez eu ficar muito curiosa *---* Sua resenha está ótima :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAH! Sou doida por esse livro, agora só quero mais ): Sua resenha me animou muito! Além do mais, Suzak é muito bom!

    Beijos, World of Carol Espilotro x

    ResponderExcluir
  7. Hey o/
    Nunca me interessei muito por esse livro, mas depois dessa sua resenha vou pensar com carinho, tá? UAHSUAHS É bom quando o personagem e a história evoluem com o passar do livro *-*

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  8. Eu já li um livro desse autor e gostei muito, li A menina que roubava livro, muito bom mesmo.

    adorei a resenha...me deu vontade de ler;;


    bjisss

    ResponderExcluir
  9. quando comecei a ler A Menina que Roubava Livros quase desistir de ler mas como nunca desisto de ler o livro até o final então eu li e me surpreendi muito,talvez esse seja a mesma coisa ou não mas já li resenhas falando super bem desse livro.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro... Uns dos melhores que já li, ele é super divertido e deixa uma mensagem super legal no final, gosto muito de livros assim. Ele é bem diferente da obra A Menina que roubava livros, mas é muito bom. Eu gostei do final, pra mim fez um pouco de sentido, mesmo sendo muito imprevisível. Mas como vc disse: Mas o que importa não é quem mandou as mensagens, e sim o que elas significaram, e elas significaram muitas coisas na vida do Ed. e de quem leu o livro. A resenha pra mim ficou ótima, uma das melhores que eu já li em relação a esse livro.

    Abraços,
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Eu simplesmente amei esse livro!
    Markus Zusak me encantou pela segunda vez.
    Eu assustei com o começo por causa dos palavões haha
    Mas é um livro excelente sem dúvida!

    Bjos
    Tati
    http://coracaoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá, sou autora do livro Amor, Maybe e participo do blog O Clube dos Novos Autores, conheci seu blog lá e já estou seguindo, se puder, siga de volta. Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Luara
    Excelente sua resenha. Objetiva, esclarecedora e simples.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Apesar de ter me parecido que a leitura é um pouco cansativa, eu fiquei interessada, afinal é ótimo quando tiramos lições de uma história lida e o personagem evolui no decorrer das páginas. Adorei a resenha flor, e se um dia conseguir espero poder ler esse livro....beijokas Elis

    http://amagiareal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Meu sempre morri pra ler esse livro, mas não tenho dinheiro no momento e quando tenho sempre esqueço dele!
    http://starbucksandbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Laura, sou louca para ler este livro, mas ainda não tive a oportunidade.Interessante você se referir a linguagem pesada para um livro assim, e pelo o que eu entendi de sua resenha, estes palavrões dão mais veracidade a trama.Adorei sua resenha. Bju

    ResponderExcluir
  18. Esse livro parece ser muito bom, já li a Menina que roubava livros e gostei, acredito q vou gostar desse tbm.

    Bjs

    Amanda

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha! Só por isso, sobre diagramação, a história, tudo isso me despertou mais a curiosidade, fazendo-me querer comprar um livro. Acho que no natal vou comprar um para ler as minhas férias. Espero que eu não mude a idéia. :-) Otimo blog. Gostei muito. Abraços!

    ResponderExcluir
  20. amei a resenha, eu ja tava c vontade d ler o livro, e fiquei c mais ainda, vlw pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  21. Eu ainda não conhecia esse livro mas pela sua resenha ele deve ser bem interessante. E eu também gostei muito dessa capa. Mil Beijos! *-*
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Gostei demais da resenha :D Já decidi que vou comprar *-* Eu adoro a maneira como o Markus escreve! :)

    ResponderExcluir
  23. confesso que nunca fui muito fã desse tipo de livro, mas a introdução que você me fez sentir uma vontade muito grande de ler, quando no meio vc disse que achou meio chato eu desaminei, mas a resenha me chamou a atenção, não li toda por que gosto das surpresas e sou um pouco intuitiva, ficaria ligando o que você disse a qualquer ação do personagem e como eu pretendo ler, achei melhor ler o inicio só :D
    hihi
    seguindo o blog :8
    www.devaneiosdeumagarota.com

    ResponderExcluir
  24. Esse livro ta FAZ TEMPO na minha lista de must-read, mas nunca [s]tenho dinheiro[/s] crio coragem kkk To quase pedindo ele no skoob kkk Vamos ver, A Menina Que Roubava Livros é o melhor livro que eu li na vida, então confio no Markus.

    ResponderExcluir
  25. Nossa, esse livro parece ser ÓTIMO :) Amei a resenha! Já entrou para a minha listinha ^^

    Beijos, http://doceescrita.blogspot.com/ xx

    ResponderExcluir
  26. Gostei da forma coloquial como você escreve. Sou um pouco mais prolixa, mais formal... lol Bem, parabéns pelo blog, com certeza vou antecipar a leitura do livro por que mega curiosa. Tenho algumas resenhas no meu blog de trabalhos manuais, talvez te interessem. A última: http://linhasmatizadas.blogspot.com/2011/11/linhas-escritas-na-natureza-selvagem.html
    Bjs!

    ResponderExcluir
  27. Até agora não nutria um pingo de interesse por esse livro, mas depois da sua resenha estou mais que curiosa! *--*
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  28. AINN QUE LINDO A SINOPSE DO LIVRO *--*
    OTIMA RESENHA O/

    ResponderExcluir
  29. Li do mesmo autor 'A menina que roubava livros', e amei! Ainda não li EU SOU O MENSAGEIRO, mas, gostei muito de ler tua resenha. Assim que terminar o que estou lendo: CANÇÃO DO MAR, de Pat Conroy, irei lê-lo sim. Muito obrigada, querida, pelo aviso carinhoso quanto a este espaço tão doce e gostoso. Irei levar teu link para o Poemas e Avessos. Beijos em seu coração!

    ResponderExcluir
  30. Morro de vontade de ler esse livro.
    Adorei a resenha. E confesso que você ter falado que se decepcionou com mandou as cartas me deixou ainda mais curiosa pra ler hehe
    Bjo

    ResponderExcluir
  31. Não li a resenha porque também morro de vontade de ler o livro, como a Glaucea aí em cima. Ainda não li "A Menina que Roubava Livros" mas em breve vou ler, já consegui o livro! *-* Eba!! Hahaha.

    Beijos e parabéns pelo seu blog, está lindo!

    ResponderExcluir
  32. Amei a resenha e sinceramente só me fez querer mais ainda ler o livro do que eu já queria, HAHA.

    ResponderExcluir
  33. Sou louca para ler esse livro, ele já me encantou com A Menina Que Roubava Livros, fico muito curiosa para ler esse tbm.
    Ótima resenha.
    BJ!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir
  34. Muito boa a resenha!
    Tenho muita vontade de ler esse livro porque sou apaixonada pela menina que roubava livros e também adoro esse mistério! *-*

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. Olá, querida! Adorei o seu cantinho... muito lindo. Parabéns! Já to seguindo!
    Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades e participar do meu 1º sorteio (1 brinde surpresa By LuciArte + DVDs. O espaço p divulgação (gratuita) dos blogs das amigos está aberto, e a partir de janeiro teremos uma promo so p blogs parceiros. Dá uma olhada la nas regrinhas, na página de PROMOÇÕES, e caso queira, é so me avisar!
    Bjinhos!!

    http://voudeblog.blogspot.com/2011/10/1-sorteio-vou-de-blog.html

    ResponderExcluir
  36. Eu conheço o Markus por A Menina que Roubava livros, que por sinal é maravilhoso. Adoro o jeito que ele escreve. Tenho vontade de ler Eu Sou o Mensageiro por tudo de bom que já ouvi falar do livro. Espero poder ler logo!
    Beijos, Carol.

    www.perdidanaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Estou com vontade de ler esse livro a algum tempo. Como muito que vi nos comentários conheci o Markus por A Menina que Roubava Livros e amei. Isso é o maior motivo de querer ler Eu Sou o Mensageiro!
    Gostei bastante da resenha. Direta, apontando os pontos positivos e negativos do livro, parabéns!
    Abraço,

    O Livreiro Maluco
    http://www.livreiromaluco.com/

    ResponderExcluir
  38. Gostei bastante da resenha e ela só favoreceu para eu querer ler ainda mais esse livro! Esse autor é ótimo e como já li A Menina que Roubava livros e adorei a criatividade de Markus não poderei deixar de ler esse também.
    Beijos.

    Books e Desenhos

    ResponderExcluir
  39. É um tipo de leitura empolgante, mas que se perde ao longo da história, para só no final, nos prender de novo.
    O sentido ficou realmente vago no final, mas talvez a ênfase tenha sido dada mais no aprendizado.
    Boa resenha ;D

    beijo.
    satierff.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Oi Luara!

    Quando eu vi esse livro pela primeira vez eu achei que ele, algo motivacional tipo auto ajuda rs, nem sei porque pensei isso rs. Mas é totalmente diferente do que pensei. Realmente é chato quando tem muitas repetições, mas pelo menos após a quarta carta a história te prendeu. Parece que tem muitos mistérios envolvidos. Mas não sei se o leria por agora, já que minha lista ta enorme..

    Beijos ^^

    ResponderExcluir
  41. Já tinha visto o livro, mas confesso que ele não me chamava a atenção.
    Gostei de sua resenha, Lu, me convenceu. :)

    Bjs.
    ParaísoEmPapel

    ResponderExcluir