14/06/2012

Resenha: A Arte da Imperfeição

Título: A Arte da Imperfeição
Autora: Brené Brown
Editora: Novo Conceito
Páginas: 184
Este importante livro é sobre a jornada de uma vida, deixando de se preocupar com "O que os outros vão pensar?" e acreditando que "Eu sou suficiente". A habilidade ímpar da autora em misturar pesquisa original com relatos faz com que a leitura de A Arte da Imperfeição pareça uma longa e animadora conversa com uma amiga muito sábia que oferece compaixão, sabedoria e ótimos conselhos. A cada dia nos deparamos com uma enxurrada de imagens e mensagens da sociedade e da mídia nos dizendo quem, o que e como devemos ser. Somos levados a acreditar que, se pudéssemos ter um olhar perfeito e levar uma vida perfeita, já não nos sentiríamos inadequados. E se eu não posso manter todas essas bolas no ar? Por que não é todo mundo que trabalha duro e vive às minhas expectativas? O que as pessoas vão pensar se eu falhar ou desistir? Quando posso parar de provar a mim mesmo? Em A Arte da Imperfeição, Brené Brown, Ph.D, é uma especialista em vergonha, autenticidade e compartilha a coragem que aprendeu em uma década de pesquisas sobre o poder de viver sinceramente.

Li A Arte da Imperfeição já faz um tempinho e só agora tive coragem de fazer uma resenha para vocês. Essa demora se deve ao fato de que eu estava (e ainda estou) colocando em prática as conclusões que eu tirei do livro e depois desse período eu posso dizer: o livro é muito bom.

Sei que muitas pessoas têm certo preconceito quando o livro é rotulado como auto-ajuda. Eu até posso me incluir nesse contingente, já que detesto aquelas promessas de Como emagrecer 10kg em 2 semanas ou Sinta-se bela em 10 passos. Para mim, a maioria desses livros é infundada.
E foi com esse pensamento que eu fui ler A Arte da Imperfeição, já tendo em vista que eu poderia me decepcionar com o que eu encontraria. Mas definitivamente isso não foi o que aconteceu.

Viver plenamente é encarar a vida a partir de uma afirmação de valor. Significa cultivar a coragem, a compaixão e a sintonia necessárias para acordar pela manhã e pensar: “Não importa o que eu faça ou deixe de fazer, eu sou suficiente.” É ir para a cama à noite pensando: “Sim, sou imperfeito e vulnerável e, às vezes, tenho medo, mas isso não muda o fato de que sou corajoso e digno de amor e pertencimento.” – p. 19 
Brené Brown – autora do livro – é uma pesquisadora da vergonha. Ela estudou o assunto a fundo durante muitos anos e foi nessa pesquisa que ela conheceu o termo Vida Plena. Mas o que isso significava? Querendo saber a resposta para esta pergunta, embarcamos em uma descoberta junto com a autora até chegarmos a uma conclusão.

Esse não é um daqueles livros que te ditam regras e te fazem acreditar que, seguindo tais padrões de vida, você vai ser feliz. Acho que essa foi a característica que mais me chamou atenção, fazendo com que eu tirasse o livro da categoria auto-ajuda. A meu ver, o livro é mais um daqueles em que o autor conta a sua história de vida com a intenção de mudar a vida de alguém, mas acaba aí. Sem promessas.

Os pontos abordados pela autora para alcançarmos uma Vida Plena – pontos que a própria vivenciou – fazem com que a gente tome a iniciativa de olharmos para nós mesmos e vermos o que estamos fazendo de errado. Mesmo que a gente não queira fazer isso, o livro é tão bem escrito que acabamos fazendo isso inconscientemente.

A verdade é que uma mudança significativa é sempre um processo. Ela pode ser desconfortável e geralmente é arriscada, principalmente quando estamos falando sobre aceitar nossas imperfeições, cultivar autenticidade e encarar o mundo para dizer: “Eu sou suficiente”. – p. 169 
Mas já vou logo avisando: não vale a pena pegar o livro para ler se você não está em um bom momento para encarar o que você vai encontrar. Como a autora é uma pesquisadora e ela está contando sobre a sua pesquisa e sobre as mudanças que esta causou em sua vida, é uma leitura que em alguns pontos pode parecer técnica. Então fiquem preparados para uma leitura totalmente diferente daqueles livros de ficção que vocês estão acostumados, ok?

Uma boa indicação para quem está procurando um tipo de literatura diferente ou que está querendo um motivo para colocar prática uma mudança na vida – e claro, ter uma Vida Plena. 

48 comentários:

  1. Oi linda! Eu achei o tema do livro bem interessante, a capa também é bonita, gostei muito da sua resenha. Então, eu acho que vale a pena ler sim! Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lu, acho que perdi meu comentário ;\
    Também não sou muito fã de auto-ajuda, mas tem alguns que valem a exceção. Não gosto nada dessas promessas também, mas quando há uma história, um conteúdo por trás, pode ser que a leitura flua.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luara.
    Sei como esse livro te ajudou, e também por isso não tenho medo do que vou encontrar com a leitura. Ao contrário de muitas pessoas, já li alguns livros de auto-ajuda e eles sempre surpreendem de alguma forma. Se esse não é bem um auto-ajuda, tenho a certeza de que isso pode voltar a acontecer.
    É difícil imaginar o que de fato vou encontrar, mas parecer ser algo interessante.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu já vi duas resenhas positivas desse livro, acho, mas não tenho muito interesse.
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha.EU já li esse livro,o que mais gostei nele foi a narrativa,achei bem simples e envolvente.
    Boa Semana,adoraria que você fosse lá no meu e deixasse sua marquinha. *-*
    Boa Semana.

    Mariana - World of Tori Vega.
    @mariworldoft_

    ResponderExcluir
  6. Querida sua resenha ficou maravilhosa. Nem todos conseguem resenhar livros dessa categoria. Seu blog tá cada dia melhor. Bjos

    ResponderExcluir
  7. Pela resenha, percebi que esse não é meu tipo de livro. Mas quem sabe eu não me surpreenda, hein?
    Beijos.
    Amanda - Doce Diário

    ResponderExcluir
  8. Eu ia começar a ler e minha mãe pegou emprestado de mim! :( Mas em breve eu leio haha.

    Beijos
    Nati

    http://www.meninadelivro.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Luara,

    Como informei na resenha que fiz lá no blog, não gosto de livros de auto-ajuda, mas esse com certeza vale a pena ler pela maneira diferente de escrever da autora, parabéns pela resenha....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu não gosto de autoajuda, mas esse livro vale a pena! É muito diferente dos livros de autoajuda lançados atualmente.
    Gostei da resenha. >.<
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  11. Muito legal a sua resenha. ^^
    Eu nunca lí esse livro, mais parece ser legaal neé?
    Beijinhos.


    http://pensamentosda-aline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Não sei o que pensar sobre esse livro. Já vi tantas resenhas positivas quanto negativas que não sei se quero ou não ler. Alguns dizem que por ser de auto ajuda torna as coisas um pouquinho chato, já outros que mesmo sendo de auto ajuda é incrível. Acho que só lendo para poder opinar.

    Um beijo.

    Beatriz - Blog Escrevendo mundos.
    http://escrevendomundos.blogspot.com.br/2012/06/evento-do-livro-amor-no-ninho.html

    ResponderExcluir
  13. Oie Luara =D

    Confesso que eu não sou muito fã de livros de auto-ajuda, mas este em questão eu tenho bastante vontade de ler. Acho que é por causa do titulo... sou insuportavelmente perfeccionista e acredito que posso aprender alguma coisa lendo este livro, já que tanta mania de perfeição as vezes acaba me fazendo mal =|

    Gostei bastante da sua resenha! Ela me deu um pouquinho de animo para finalmente tomar coragem e começar a ler este livro rs...

    bjus

    anereis
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  14. Está todo mundo falando desse livro, ele já entrou para minha lista.

    ResponderExcluir
  15. Pelo titulo o livro, da pra perceber que esse não é um simples livro e sim "o livro", gostei muito, não só da resenha, como também do livro, quero muito ler, pois parece ser muito bom.

    Beijos; @Raah_Castroo
    http://vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com.br/2012/05/sorteio-em-parceria-com-depilart.html

    ResponderExcluir
  16. Hey
    Li umas resenhas desse livro, acho que vou curtir sim.
    Fora que parece ser uma leitura rápida porque ele é pequeno
    E essa capa linda!

    HAHA esse negócio de emagrecer.. nem falo nada.

    beijos e uma ótima sexta
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  17. Oi Luara!
    Só leio elogios com relação a esse livro e cada vez mais quero lê-lo, justamente por ser um livro que te ajuda a se conhecer.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  18. Minha mãe está lendo esse livro (:

    Depois de séculos sem postar eu voltei, e mudei o look e comecei a postar meu primeiro conto de terror.
    Acesse lá e confira!

    @littlepistols
    http://portifoliodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Legal que você pôs em prática o que livro fala!
    Sempre que leio algum auto-ajuda, acabo trazendo alguma coisa pra realidade, mesmo que não queira.
    Os bons mesmo são tipo esse, que não trazem regras para te moldar. Afinal, somos diferentes e não é porque algo funcionou com você que vai dar certo com outra pessoa.
    Ela pesquisa a "vergonha"? Curioso...

    Beijos!
    Miriam - Booker Queen!

    ResponderExcluir
  20. Oi Luara!
    Não sabia que o livro possuía uns termos mais técnicos, mas dependendo do momento em que estou gosto de leituras que se aprofundam em assuntos interessantes. Já ouvi alguns comentários positivos do livro e acho que vou gostar!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Não sou mto fã de livros de auto-ajuda, mas acho que eu iria adorar ler esse livro pois concordo plenamente com a opinião da autora!

    http://help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Não curto muito livros de auto-ajuda, porém acho que esse parece ser bem legal!

    Beijos,

    http://depoisquecrescemos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Você tirou a mesma conclusão que eu do livro, o livro é realmente bom, foi meu primeiro livro de auto-ajuda, e tinha preconceito sim quanto a ele, mas lendo percebi o quão diferente ele é, com certeza vale a pena ler se a pessoa procura por algumas respostas simples de problemas que ás vezes temos em nossas vidas.

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  24. Eu já havia lido uma resenha dele em um blog, e atéque me pareceu bem legal, e olha que não vou muito com livros de auto-ajuda.

    http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Também não sou muito fã de auto-ajuda, principalmente desses que você mencionou, de emagrecer em 10 dias e blá. Aqueles "seja uma boa esposa" e "se dê bem com o seu chefe" nem se fala. Mas, uma vez li O Monge e o executivo e me encantei por livros desse estilo de auto-ajuda. Pela resenha dá pra ver que a arte da imperfeição é desse jeitinho, fiquei com vontade de ler!

    Mi - http://www.cheirolivros.com

    ResponderExcluir
  26. oi Lú
    Apesar de ter um pouco de medo de livros de auto ajuda, eu leria, não parece ser nada exagerado e chatinho.

    Amiga tem promo lá no bloguinho, passa lá.
    bjocass

    ResponderExcluir
  27. Esse é um dos raros auto ajuda que quero realmente ler. Estou com um auto ajuda aqui pra ler, mas ainda não estou afim.

    Beijinhos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  28. Bom... Já ouvi críticas boas e ruins desse livro... É um livro que acho que devo ler... HOHO' É interessante alguns desses livros, ... Devemos ler! rsrs
    A capa de Finale ficou muito :O me gustaa hasduhsad
    AMEEI seu blog, e fim u.u

    Um beeeijo, Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Laura
    Acho as resenhas de livros de auto ajuda interessantes, mas a muito tempo parei de ler este estilo de livro, na verdade tudo é muito bonito, mas para mim sempre agregou muito pouco. Se for para ler um estilo de livro que agregue, prefiro livros com conteúdos históricos.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  30. Não tenho muito preconceito com auto ajuda não, só não estou acostumada a ler livros desse gênero, mas existem muitos bons por aí e que merecem ser lidos! =] Me interessei pela sinopse e pela resenha também.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  31. Ei Lu!

    Assim como você, eu também tenho "preconceito" com autoajuda. Sei lá, não acho que a vida tenha uma fórmula e que alguém possa ensinar essa tal magina que nos ensine a ser eternamente feliz '-' HUSUHAHUS
    Mas de fato fiquei com vontade de ler A arte da Imperfeição, porque como você disse, a autora não quis ensinar nada pra ninguém, são pesquisas que ela fez...
    E acho que o livro tem umas passagens muito legais mesmo. Se eu tiver a oportunidade, lerei com certeza *-*

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  32. Oi Lu!!!
    Auto-ajuda não é meu gênero preferido, mas já li livros muito bons desse gênero.
    Essa tua resenha ficou show, fiquei bem interessada no livro!!!

    Um beijão
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  33. Não estava lá muito animada em ler esse livro, mas sua resenha me deixou curiosa, rs
    Irei lê-lo em breve... Gosto de livros que nos fazem mudar de opiniões e aceitar aquilo que tem de ser! ^^


    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  34. Oi!
    Auto-ajuda também não é meu gênero, sua resenha está muito boa e quem sabe dou uma chance a este livro, você também não é fã deste estilo mas gostou, então quem sabe ele me conquiste.

    Bjos,
    Cida
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  35. Olá ^^' Confesso que estava encarando este livro da mesma forma que você: com preconceito >< sério, já li pelo menos cinco livros de auto ajuda, que além de não me ajudarem em nada, me fizeram perder um tempo que poderia gastar com outras coisas... mas, acho que sua resenha mudou um pouco meu ponto de vista. É bom saber que a autora não vem cheia de promessas e que a mesma conta sua história e assim espera ajudar alguém. Acho que desse tipo de auto ajuda eu vou gostar. Obrigada pela dica ^^

    Beijos
    @EntreLeP / @PollyanaCampos
    http://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Nunca li um livro de auto ajuda, pq primeiro não tenho paciencia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Na primeira página eu desisto.
    Mais confeso que com a sua resenha fiquei até curiosa rs.
    Caixinha de Correios e novidades no Blog!
    Passa lá!
    manuscritodecabeceira.blogspot.com
    Bjs.

    ResponderExcluir
  37. Me parece um livro realmente bem diferenciado e deve-se querer mesmo ler algo do tipo!

    http://world-cutest.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Olá, Luara (:
    Adorei a sua resenha. Foi a primeira que eu li sobre o livro e o achei bem interessante. Ganhei o livro da editora e realmente fiquei com um certo preconceito por ser de auto ajuda e tal. Porém com sua resenha, mudei meu ponto de vista em relação a essa futura leitura haha Adorei a capa! Em breve vou ler (: Beijão http://doceescrita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. Gostei muito da sua resenha Luara, quando eu li auto-ajuda aquilo quase me repeliu instantaneamente, mas continuei a ler o que você escreveu sobre o livro e gostei, de verdade. É claro, prefiro muito mais livros de ficção que tragam essa mensagem de se aceitar e tals do que um livro que explique isso, mas acho que vale a pena ler, acho que todos deveriam ler livros como esse, porque o que não falta é gente querendo ser o melhor pros outros e esquecendo de si mesmo não é?
    Por fim, queria dizer que fiquei bem interessada apesar de não saber se eu compraria mesmo o livro.
    Muito bom.
    Tem post novo lá no blog, dá uma conferida?
    Beijos
    http://comaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  40. Otima resenha Luu.
    Estou com esse livro esperando exatamente esse momento para ler. Ler um livro de auto-ajuda requer um momento de se entregar totalmente ao livro, senão não vale a pena :)
    Beijos
    Bruh :)

    ResponderExcluir
  41. Esperando o momento certo de ler esse livro!!
    Não posso dizer "Não gosto disso" pq sou de momentos. Talvez se eu lesse hoje odiaria, semana que vem posso amar!! Entendeu??
    O que eu amei mesmo, foi a resenha!! Perfeita, linda e extremamente bem escrita!!

    Bjkas

    ResponderExcluir
  42. Oi Luara!
    Gostei muito da resenha,gosto de livros que nos fazem refletir sobre mudanças em nossas vidas.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  43. Oi!
    Esse livro foi um surpresa para mim. Descobrir coisa sobre mim que nunca me aviam passado pela cabeça. E sem falar que a narrativa da autora é muito gostosa. O livro foi muitas coisas para mim, engraçado isso. Esse gênero não é o meu preferido, mas o livro me fez repensar alguns conceitos.
    Bj!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir
  44. Eu sou uma dessas pessoas que tem preconceito com livros de auto-ajuda, não suporta a forma como eles conseguem enrolar as pessoas com aquelas palavras para levantar a estima.
    Sinceramente, não estava pensando em ler esse livro e nem acreditei quando vi que você tinha lido e ainda por cima resenhado.
    Acho que vou dar uma chance a ele, quem sabe por não ter expectativa nenhuma acabe gostando mais do que imaginava.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  45. Oi flor,
    Sabe que sou que nem voce...não gosto muito de livros de auto ajuda e tenho sim um pre conceito. Estou com esse livro aqui apra ler e nao sei quando o farei mas ja fico mais aliviada ao saber que ele nao e de todo ruim.
    Bjjks
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  46. Já não é a primeira pessoa que vejo que fala que se surpreendeu com o livro, que o tirou da categoria de auto-ajuda. Honestamente não acho que seja meu tipo de leitura, mas assim como você eu tenho esse preconceito que me impede. Talvez eu também seja surpreendida, quem sabe.

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/

    ResponderExcluir
  47. Li tantas resenhas bacanas desse livro e ainda não consegui ler o livro em si, sei lá me pareceu muito auto-ajuda.

    ResponderExcluir