24/09/2012

Resenha: Jogador nº1

Título: Jogador nº1
Autor: Ernest Cline
Editora: Leya
Páginas: 464

Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade. Em um futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna. Como a maior parte da humanidade, o jovem Wade Watts escapa de sua miséria em Oasis. Mas ter achado a primeira pista para o tesouro deixou sua vida bastante complicada. De repente, parece que o mundo inteiro acompanha seus passos, e outros competidores se juntam à caçada. Só ele sabe onde encontrar as outras pistas: filmes, séries e músicas de uma época que o mundo era um bom lugar para viver. Para Wade, o que resta é vencer – pois esta é a única chance de sobrevivência. A vida, os perigos, e o amor agora estão mais reais do que nunca.

Eu preciso que alguém se solidarize com o que eu estou sentindo agora. Estou sentindo uma abstinência, uma vontade de voltar para o OASIS agora. Fui gamer há alguns anos e esse livro caiu como uma luva. Ou seja, eu estou apaixonada por esse livro.

Em 2044, o mundo está um caos. A natureza está morrendo, os humanos estão cada vez mais desacreditados. É nesse contexto que um jogo salva todos dessa terrível realidade: o OASIS é uma realidade virtual de imersão, um jogo de MMORPG (Massive Multiplayer Online Role-Playing Game – ou, na tradução, jogo online de interpretação de personagens de múltiplos jogadores) onde as pessoas estão se refugiando. Se adaptando ao mundo real, o OASIS oferece desde escolas públicas online até a possibilidade de trabalhar no jogo.
Só que, ao morrer, o criador do jogo, James Halliday deixou um item raro no jogo e, ao conseguir este item o jogador ficaria com toda sua fortuna (só eu que vi uma referência a Willie Wonka?).
É nesse contexto que conhecemos Wade – ou Parzival, nome de seu avatar –, um garoto pobre e órfão que se torna um grande caçador deste item raro. E é a partir daí que o enredo se desenvolve.

"O ser humano é uma porcaria na maior parte do tempo. Os videogames são a única coisa que tornam a vida suportável." - Almanaque de Anorak, Capítulo 91, versos 1-2 – p. 19
Como eu queria chegar aqui e contar tudo do livro para vocês. Estou tão empolgada que fico com medo de acabar contado demais e estragar as surpresas. Mas vou me conter e tentar falar tudo direitinho para vocês. Mas antes, preciso que vocês entendam o quanto eu estou animada: a leitura foi tão maravilhosa que eu me pegava lendo devagar e até brigando com o livro quando ele ficava com aquele alerta piscando: me leia! Gente, para eu chegar a esse ponto, é porque a situação estava feia. Ou linda, na verdade.

O livro é cheio de referências a cultura pop dos anos 80, pois estas são as dicas para achar o Easter Egg de Halliday (o item raro do jogo). Eu ficava dando gritinhos quando reconhecia algum filme, videogame ou música citada. Jogador nº1 é tão completo nessas referências que eu cheguei a ficar admirada com o tanto de pesquisa que o autor deve ter feito para colocar tudo de uma forma interligada e de uma maneira que não cansasse quem não conhece muitas coisas dessa década.

A narrativa é em primeira pessoa e eu me senti quase uma amiga íntima do Parzival. Por mais que ele nos encha com informação algumas vezes – o que chega a deixar algumas referências um pouco confusas –, eu me senti uma caçadora. Diversas vezes fiquei procurando dicas e tentando desvendar os mistérios durante o jogo para que ele chegasse ao Easter Egg. Não sei se isso se deve ao fato de que eu já joguei MMORPG por alguns anos, mas eu estava imersa no jogo. O OASIS acabou se tornando parte dos meus dias, quase como um refúgio – assim como era para os jogadores.

Antes do OASIS, os jogos on-line de múltiplos jogadores estavam entre os primeiros ambientes sintéticos compartilhados. Eles permitiam que milhares de jogadores coexistissem simultaneamente dentro de um mundo simulado, ao qual se conectavam a internet. O tamanho geral desses ambientes era realmente pequeno, em geral, um mundo único ou uma dezena de pequenos planetas. O OASIS continha centenas (e às vezes milhares) de mundos em alta resolução 3D para as pessoas explorarem, e casa um deles era organizado com detalhes gráficos meticulosos, com insetos, folhas, grama, vento e padrões de clima. Os usuários podiam se mover por esses planetas e nunca ver o mesmo terreno duas vezes. Mesmo em sua versão mais primitiva, o escopo da simulação era assombroso. p. 76
O único defeito que notei foram algumas traduções desnecessárias. Como já tinha visto que isso poderia acontecer na resenha do Luciano, fui já sabendo o que ia encontrar. Mas mesmo assim acabei me irritando um pouco com algumas traduções que não deveriam estar ali. Acho que quem entende o pouco que seja sobre jogos, vai concordar comigo. Porém, para aqueles que não entendem nada, isso foi uma coisa boa para ampliar o público do livro. Então depende de que lado você está.

Altamente recomendado para os geeks de plantão, e com certeza vão amar cada página desse livro. Mas ele atende a um público bem amplo, que procuram um livro quase distópico (eu não o enquadraria como distopia, mas tem gente que o faz, então...) e que vai fazer você se sentir dentro do jogo. Vamos procurar o Easter Egg de Halliday?

Obs.: O livro já teve seus direitos comprados para ser adaptado para os cinemas pela Warner Bros. Nem preciso dizer que estou super ansiosa, não é mesmo? 

52 comentários:

  1. Boa noite Luara,

    Já li algumas resenhas positivas desse livro e fiqeui interessado, só não gosto da capa....parabéns pela sua resenha....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi! Tudo bem?! Não gosto muito de games, então esse é um dos típicos livros que não me chama muita atenção. Mesmo assim estou curiosa para ler :)
    Bjs, Ruama.
    http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tô bem curiosa por esse livro... tá na lista de leitura, mas por enquanto não é prioridade.

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho grandes expectativas em relação a esse livro, adoro livros e filmes com referências pop, eles te levam muito além da leitura.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia este livro
    Mas estou vendo que parece ser muito bom
    E pela sua resenha e os comentarios, fiquei com mais vontade ainda

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. o fato do livro virar filme já me deixou mais interessada para ler, espero de verdade que não fique parado como muitos livros que dizem que vai virar filme e fica por isso mesmo.
    Adorei a resenha todo mundo considera o livro como distopia e faz tanto tempo que não leio livros desse gênero mas vamos vê talvez eu goste.

    ResponderExcluir
  7. nossa vc nao foi diferente, ja vi varias pessoas falando bem desse livro.

    ResponderExcluir
  8. Parece interessante, apesar de eeu não ser de jogar livro se passando no futuro sempre me atrai...
    :D

    Um beijo.
    P.S.: Vê se não perde a votação da capa do meu próximo livro, hein! rs

    ResponderExcluir
  9. Interessante, não conhecia esse livro.
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Apesar de todas as resenhas positivas do livro, ainda não tenho vontade de ler..

    Beijoss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Já tinha visto o livro, mas nunca tinha me interessado muito pela história e a sua foi a primeira resenha que eu li. Nunca fui muito de jogar, mas acho que outros aspectos da história, como essas referências aos anos 80, podem me prender também.
    Tem um meme pra você lá no blog :)

    ResponderExcluir
  12. Não sou uma geek :/ hasu' Mas não sei, me interessei por esse livro, mas tenho medo de me perder nas referências, enfim.

    Beijos ;}

    ResponderExcluir
  13. Luara, este livro é incrível, é mágico, tantos adjetivos cabem nele que chega até a assustar. É admirável como o autor conseguiu criar uma trama repleta de ação e citações a cultura pop, com certeza muitos fãs de série, filmes, games e outros itens dos anos 80/90 vão se deliciar.

    E tô com um sorrisão no rosto por causa da menção!! Muito obrigado mesmo ;)

    ResponderExcluir
  14. Eu ja tinha vontade de ler esse livro e fiquei super empolgada com essa resenha!
    Eu amoooo games. Tá certo que hoje não jogo como jogava antes, mas sou fã mesmo assim. Tenho vários instalados no pc, vários de PS2 e Wii... Ai que saudade de jogar rsrsrs
    Vou ver se encaixo na minha proxima compritcha!
    Nao curti essa ideia de tradução no que não devia ser traduzido :/ mas enfim..
    Parabens pela resenha

    Bjoka
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  15. Interessante, fiquei realmente curiosa para ler, não sou uma viciada em games, mas gosto e tenho quase certeza que irei ficar tentando desvendar os mistérios igual a você *-*

    Beijos Bruna.
    Doce Timidez

    ResponderExcluir
  16. Hello Lu, no meu caso será um ponto positivo então, haha. Sou leiga na área e será ótimo terá mais explicações sobre o assunto!
    Beijoooo!

    ResponderExcluir
  17. Oi, gamer, oi? uashudhsushd
    Se há um livro que estou louco para ler é esse. Sou um geek confesso e já li inúmeras pessoas falando positivamente desse livro de Ernest Cline. Não sei dizer porque ainda não li, mas enfim.

    Bjos,
    http://cantinadolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Nossa, como eu estou louca para ler este livro! HUAHAUS ele está na minha lista de prioridades urgentes, não só porque eu sou uma geek, mas porque esse livro parece ser excelente. Adorei a resenha, ficou ótima.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Um tempinho atrás vi várias criticas positivas em relação a esse livro, porém confesso que mesmo assim não me animei. Na verdade esse gênero não é o meu preferido, mas mesmo assim ainda pretendo lê-lo futuramente. Enfim, adorei a resenha, ficou ótima:)

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  20. Olá achei interessante a estoria e gostei da resenha, mas parece uma distopia hehe, fiquei interessada no filme

    bjos

    ResponderExcluir
  21. Caramba, já tinha me interessado por causa da capa, mas como estava ausente da blogosfera, ainda não tinha visto a sinopse do livro e amei! A resenha tb serviu pra aguçar minha curiosidade. Quero ler com certeza \o/

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    Mudamos de endereço!

    ResponderExcluir
  22. Nossa, adorei.
    Eu vi a capa e achei interessante, mas não tinha procurado saber sobre o que era a estória. Gostei bastante.
    Sua resenha ficou ótima, adorei as citações :)

    Beijinhos,
    fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi Luara, tudo bem?
    Nossa, só de ler a sua resenha eu fiquei sem folega. Não tenho um conhecimento tão abrangente com relação aos jogos, mas sou uma apreciadora e esse livro, o enredo me parece ser bem inovador. Outra coisa que gostei de saber são as referencias aos anos 80, gosto muito dessa década. Esse livro já esta na lista de livros pra ler e espero poder matar a minha curiosidade em breve.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  24. Luu!!!!!!!!!!!! Quero esse livro. Agora. Gente, que demais! Jogo online, procurando pistas, cultura pop: esse livro é pra mim! *--------* Sim, eu também quando li a sinopse e pensei: Willy Wonka, é você? kkk Mas parece ser bom demais, vc me animou com a resenha e agora quero ler! Meio que um Indiana Jones + Willy Wonka no game. Uhu! E vai ser feito filem pela WARNER! Não poderia ficar melhor! hahah <3

    Beijão!

    @mariapsalles

    ResponderExcluir
  25. Ai, para de indicar livros tão maravilhosos ai-meu-deus-preciso-disso-para-ontem? Vou falir!
    Enfim, me lembrou um pouco O concorrente, de Stephen King - que adorei.

    ResponderExcluir
  26. Não conhecia o livro, mas o enredo parece interessante.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  27. Amei a resenha,estou louca pra ler esse livro, também estou ansiosa pelo filme :)
    beijos

    ResponderExcluir
  28. Puxa, sua empolgação ultrapassou o "mundo virtual" e chegou aqui!
    Se depender só de sua resenha eu já estaria lendo o livro!
    Adorei, mesmo não gostando muito dessa pegada futurista, mas gostei muito da história, parece daquelas que não deixam vc se desgrudar! ;)
    Fiquei ansiosa pela leitura!

    Beijoo
    Pri
    Baú de Histórias

    ResponderExcluir
  29. Oi Luara!
    Eu comprei esse livro há algumas semanas e estou namorando ele na estante para ler! Rsrs...
    Acho que vou gostar dessas referências que você citou aos anos 80 e outras coisas "nerds"! Haha
    Deve ser incrível viver num mundo paralelo como o OASIS!
    Beijos,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  30. Oi!
    Esse livro não me interessa muito. Não gosto da capa e nem da sinopse. Mas que bom que você gostou. E confesso que pela maneira como você o descreveu, fiquei um pouco curioso. rs
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  31. Não é um livro que normalmente eu me interessaria mas depois da sua resenha e de toda a sua empolgação, fiquei louca pra ler! ushaushausha
    Beijos
    Raiana - Território Pop

    ResponderExcluir
  32. Oi adoro suas resenhas...
    Não sei se vc aceita Tag, mas fui tagueada e repassei pra vc, gostaria que respondesse e continuasse a brincadeira...

    Bjus...

    Angela
    Astros e Filmes
    http://astrosefilmes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Seu blog é lindo, muito fofo mesmo*0* parabéns!! Já estou te seguindo amada =))

    Convido voce e suas leitoras a conhecer meu blog

    toobege.blogspot.com

    Beijinhoooos ;**

    ResponderExcluir
  34. Confesso que a sinopse não me atraiu muito,
    mas sua resenha sim =)

    http://4demarco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  35. Olha ai, olha ai... Você me fazendo quebrar promessa, mais um livro que quero ler :x
    Não sou gamer assumida, mais gosto de jogar hahahaha...então já sabe que estou louca pelo livro né?! Na verdade eu e meus primos estamos, é tudo farinha do mesmo saco kkkk'
    Adorei a resenha e você se segurou muito bem, parabéns \o
    Beijos
    Bruna-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  36. O livro de hoje pela sinopse não me chamou atenção, mas depois de ler sua resenha e sentir sua empolgação, estou querendo ler tbm, rs.
    Bjus

    Rafa
    www.rafaelando.com

    ResponderExcluir
  37. Oi Lu!! essa euforia toda me deixou super ansiosa para ler o livro! Adoro suas dicas e resenhas, parabéns ;D

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Adoro caça ao tesouro!
    Não sou muito dos videogames e acho mesmo que as traduções servem para situar quem não está familiarizado com esse mundo. Mas você falou em referência aos anos 80? Tô dentro!
    bjo

    ResponderExcluir
  39. Oii!
    Me gusta muito esses tipos de livro, tãão geek!
    Amei sua resenha.

    Selene Blanchard
    Bacio,Moda & eu

    ResponderExcluir
  40. Bom dia :)
    Caramba,este livro parece ser muito bom *-*
    Eu gostei da capa de primeira sabe? É simples mas você pensa "Cara,o que será que esta "ai dentro" sabe? kkkkkk

    Espero que o filme seja um sucesso :)
    Beijos e cuide-se

    ResponderExcluir
  41. Oi Lu!
    Não curto muito caça ao tesoura sempre me faz lembrar de Indiana Jones,que eu detestava.


    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  42. Como sou uma eterna apaixonada por jogos e afins,
    leria esse livro com muito prazer:)
    (e quem sabe não venha um filminho por ai)

    Páginas Em Preto(clique no perfil)

    Beijos

    ResponderExcluir
  43. Amigaaaaaaa que livro é esse! Eu AMEI A SUA RESENHA! Meninaaaaaaaaaaa esse enredo é muito interessante eu amei esse tema! A capa é linda! Ai ai quero ler esse livro tipo agora!!!!!! Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Oie Luara, mesmo não sendo uma geek, confesso que amei, adoro esse estilo de ficção, normalmente me prendem a atenção, adorei saber que pode vir filminho rolando por aí, ansiosas neh amiga? beijinhos

    ResponderExcluir
  45. Oieee!!!

    Eu tambem amei!!! esse livro. Achei tão divino e fantastico. Quando li ele fazia muitooo tempo que eu não gostava tanto de um livro, a ponto de ficar lendo de madrugada ate acabar, mesmo tenho que trabalhar no dia seguinte.

    Porque voce nao considera uma distopia?

    E ainda acredito que, no final do ano, vão anunciar o Oasis!

    Bjos
    Tati - Frases Rabiscadas

    ResponderExcluir
  46. Já tinha visto esse livro pela blogosfera, mas não havia ficado muito interessada. Agora, depois de ler sua resenha, fiquei bastante curiosa. A história parece ser bem diferente e eletrizante, estou com vontade de ler. Espero ter oportunidade. :)
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  47. Faz um bom tempo que ando muito curioso para ler esse livro (:

    Beijos.
    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  48. Nossa Lu, não conhecia esse livro, mas fiquei tãao curiosa! adoro essa coisa de jogo. Amei! a começar pela capa, depois pela sinopse que me atraiu muito e depois a sua resenha que me fez querer ler ainda mais haha

    beeeijo
    Letícia - Céu de Letras

    ResponderExcluir
  49. Olá Lu, não conhecia esse livro mas adorei ler tua opinião sobre ele! Fiquei bastante interessada.
    beijo!

    Ver nas Unhas

    ResponderExcluir
  50. Ei Lu!

    Ah, sou DOIDA por este livro *-* Desde a primeira vez que vi a capa e a sinopse fiquei com vontade de ler.
    Eu também gostava muito de videogame usn tempos atrás. Não era viciada, mas gostava de jogar de vez em quando hahaha Então imagino que eu iria gostar ainda mais de Jogador n°1 *-*
    Acho a ideia do livro fantástica, e depois dessa sua resenha fiquei ainda mais louca para lê-lo!

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  51. Não preciso dizer que o livro me interessa né? Claro que você sabe o motivo disso kkkk
    Todo esse mundo deve ser "a minha cara", por isso tenho quase certeza de que será uma leitura agradável e porque não dizer inesquecível. Saber que o livro será adaptado dá a certeza de que preciso ler "pra ontem".

    Parabéns pela resenha.
    Beijos!
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir