05/09/2012

Resenha: Serena

Título: Serena
Autor: Ian McEwan
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 384

Ao ser contratada pelo MI5, o Serviço Secreto Britânico, a protagonista Serena se vê como participante de uma mentira cujo objetivo é fomentar a criação de uma ficção. Isso porque ela é incumbida de estabelecer contato com um escritor a quem não pode contar que é uma espiã, nem que o dinheiro que ele passará a receber virá do Estado. Mas o contexto de toda essa armação é uma guerra muito real, num período (começo da década de 1970) bastante violento da história da Inglaterra, especialmente por causa da atividade do IRA. E, para Serena, o caso envolve ainda sua vida pessoal, tanto no que se refere a seu antigo amante, que a introduziu no MI5, quanto no que se refere ao escritor que é vítima do ardil, por quem acaba se apaixonando. Ela é, portanto, agente e vítima, personagem e criadora, num romance em que todos esses papéis são questionados com fervor.


Estou aqui olhando para uma página em branco do Word, incerta do que falar sobre esse livro. Acho que quando a gente gosta muito de um livro é quase impossível você transmitir tudo o que sentiu com ele. E é exatamente o que eu estou sentindo agora. Serena conquistou seu lugar de prestígio entre meus favoritos.

Não dá para explicar algum livro do McEwan. Antes de lê-lo, já sabia que o que eu ia encontrar seria singular. Do mesmo autor de Reparação (que foi adaptado para o filme Desejo e Reparação), Serena pode ser considerado diferente de tudo o que eu já li.

Eu queria personagens em que eu pudesse acreditar, e queria que me deixassem curiosa sobre o que iria acontecer com eles. De maneira geral, eu preferia que as pessoas estivessem ou no começo ou no fim de uma paixão, mas não fazia muita diferença se elas tentavam outras coisas pelo caminho. Era vulgar admitir, mas eu gostava que alguém dissesse “Case comigo” no fim. p. 13
Serene Frome é da geração pós-Segunda Guerra Mundial, época em que os jovens são tratados com todas as regalias que os pais podem dar, a tensão política e econômica ainda assola todo o mundo e as mulheres estão começando a conquistar seus direitos de igualdade.
Apesar de ser apaixonada por literatura, acabou se formando em matemática por pura pressão de sua mãe, que queria que ela tivesse algum futuro. Ao se envolver com um ex-agente do MI5 (serviço britânico de inteligência), ela acaba indo trabalhar nesse serviço do governo. Por sua paixão de livros, ela é designada para uma missão com um escritor, só que ela não esperava se apaixonar por ele.

Serena é um livro que pode ser visto de vários ângulos: pode ser considerado político/econômico, devido às várias referências as tensões que assolaram a Europa pós-guerra e a Guerra Fria entre Rússia e EUA, que acabou afetando o mundo todo; pode ser visto como um livro romântico, em que uma mulher está à procura do amor de sua vida e também como um livro de referências bibliográficas, devido aos vários grandes autores citados em suas páginas. Em suma, Serena é composto por uma grande teia de ideologias, romance e literatura.

Essa mistura me deixou claro que esse não é um livro que qualquer um vai gostar. Muita gente vai acabar se cansando com a narrativa, já que são feitas muitas referências políticas e eu sei que muita gente não gosta. Mas tenho que admitir que isso me deixou em êxtase! Acho o que aconteceu comigo após a leitura só tinha acontecido uma vez, em O Palácio de Inverno: fui procurar mais sobre a época retratada. Procurei sobre os serviços de segurança, procurei mais sobre as guerras... Enfim, foi um livro que ficou marcado e me deixou pensando durante dias depois de tê-lo terminado. Sem contar com a noite de insônia após a leitura pensando no que eu ia escrever aqui.

Mas graças a Tony agora eu sabia o trabalho que tinha sido erigir a sociedade ocidental, por mais que ela fosse imperfeita. Nós estávamos tendo que suportar um governo com problemas, as nossas liberdades eram incompletas. Mas neste canto do mundo os nossos líderes não tinham mais poder absoluto, a selvageria era basicamente uma questão privada. Fosse o que fosse que estava sob os meus pés nas ruas do Soho, nós tínhamos nos erguido da lama. p. 52
Um dos motivos de eu ter gostado tanto desse livro também foi a minha identificação com os personagens. A própria Serena é incrível e sua paixão por livros pode ser motivo de identificação de muitos de nós. Além dela, personagens secundários como o Tom Healy (escritor com quem ela foi trabalhar), que fez com que eu lembrasse alguém o livro todo, fizeram toda a diferença no enredo.

Mas o que ficou marcado em Serena foi a grande surpresa que eu tive. Não esperava de jeito nenhum o que aconteceu e esse é um ponto destaque do livro. Ainda estou boquiaberta aqui. Como diz a contra-capa: Afinal, um romancista é um ótimo espião. O que, neste romance, o leitor também precisará ser. Deixei vocês curiosos?

Só sei que se eu falar mais vou acabar contando tudo. Então, minha (enorme) resenha fica por aqui. Um livro mais do que recomendado e que, se eu pudesse, compraria milhões de exemplares e sairia distribuindo por aí só para todos terem o prazer que é essa leitura. 

57 comentários:

  1. Oi Lu, desde que esse livro lançou fiquei muito curiosa pra ler, ainda mais depois que vi todo mundo falar bem e ainda mais depois da sua resenha!

    beijos,
    Letícia - umceudeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Lu
    que resenha linda!!!
    Eu tmb me surpreendi com o enredo e o final ainda mais. Embora seja um livro político, é tmb romântico, mesmo que isso esteja apenas nas entrelinhas.
    Eu adorei!!!! Ian é sem dúvida virou meu autor favorito
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. AH, segunda resenha que vejo a blogueira se surpreendendo em o quanto gostou do livro, não me incomodo no livro ter teor político, não costumo ler temas como esse, seria uma experiência diferente. Livro já na lista de desejos, com certeza ><

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, nunca tinha ouvido falar desse livro! Mas é do cara de Desejo e Reparação que é maravilhoso, então tenho que confiar. A capa divina e sua ótima resenha me fizeram querer ler!

    ResponderExcluir
  5. Eu só havia lido uma outra resenha deste livro, que falava mais do lado político da narração e menos do lado romântico. Admito que não sou uma grande fã de narrativas que contem muitos detalhes políticos, porque eu não entendo nada, e por isso mesmo livros assim me dão sono. Mas, logo que você mencionou "O palácio de inverno", pensei: "opa, se pode ser comparado com ele, então eu tenho que ler esse livro!". E é isso, agora estou com vontade de ler. Ah, além do mais, adoro cenários e histórias que envolvam guerras *-*
    Mais um pra lista enoooorme e infinita de livros pra ler ^^
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pela visita no blog
    vlw pelo comentario
    adorei seu blog, já seguindo, segue de volta?
    www.verumlivronatv.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Incrível como todo mundo fala desse livro! E eu nem em interesso tanto por ele :/
    Até mais.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Luara!

    Li Reparação do mesmo autor e concordo em diversos aspectos que você citou, é bem difífil resenhá-lo porque ele é genial. Tenho impressão que não existe meio termo com McEwan, você ama ou odeia. Por apenas um livro do autor, faço parto do grupo que ama. Admito que já percebi por diversos comentários que ele tem um narrativa lenta e que chega a ser cansativa, mas a obra dele é fabulosa.
    Estou bastante ansiosa para ler Serena. Ainda mais depois da su excelente resenha. Adoro livros que nos oferecem, além de entretenimento, alguma bagagem histórica e cultural.

    Beijos
    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  9. Ai, Lu, admito que fiquei mega curiosa com essa capa (muito bonita por sinal) mas conforme você foi descrevendo, vi que provavelmente eu seria uma dessas que acharia a narrativa cansativa. Eu fico mais para o lado dos fantásticos e distopicos mesmo. Mas que bom que você curtiu tanto o livro! E sei muito bem como é esse terror de resenhar um livro de que você gosta muito, vide todos os livros do John Green no meu caso.

    Beijitos

    ResponderExcluir
  10. Mais uma resenha de "Serena" que me faz ter vontade de arrancar os cabelos de tanta curiosidade. Amo livros que nos surpreendem, isso é o divino da escrita!

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    http://www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir
  11. Luara, é mesmo difícil falar sobre Serena. Ele é tão bem escrito, esquematizado, tão vivo que não há uma maneira só de se dizer a razão de e gostar tanto dele. Adorei sua resenha, e concordo quando diz que ele é livro que pode ser visto de vários ângulos - apesar de só ter atentado pra isso agora, lendo sua resenha.

    E também acho que não é um livro pra todos. Ele requer uma certa bagagem, pois os mais jovens vão estranhar seu andamento e aparente falta de objetivo, mas, nossa mãe, como ele é genial!

    Parabéns pela resenha. Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Luara!
    Que resenha incrível!
    Eu adorei pelo fato de poder ser visto de dois ângulos e retratar acontecimentos passados!
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pela resenha Lu! A capa do livro não aguçou minha curiosidade, mas sua resenha sim!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Nossa q livro hein?! Ja esta nas coisas em que vou comprar cm minha mesada hehe, super hiper mega curiosa ; D
    rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ bjs

    ResponderExcluir
  15. Oie Luara =)

    Eu já li várias coisas positivas sobre este livro. Pela sua resenha acredito que este é um livro que me agradaria bastante a leitura, já que gosto bastante de livros que exploram temas como politica e que tenha a Guerra com plano de fundo.

    Adorei a sua resenha! Me deixou com vontade de ler o livro =D

    bjus;***

    anereis
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  16. Oi Lu!
    Envolver política talvez não seja muito bom,considerando que o povo brasileiro,talvez na sua grande maioria,já está cansado da mesma palhaçada política,pode ser que seja um ponto negativo no livro.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Ficou grandinha a resenha mesmo kaoskoas..
    Então mencionar coisas de época como a política e a economia antiga não é muito minha área. Gosto de história, mas lendo livros sobre história. Do jeito que eu sou pulo um monte...

    beijos

    Me visita?
    Guilherme Kunz
    www.tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oii
    Eu adoro livros e filmes que contem espiões, pessoas disfarçadas e tudo o mais. Não sou a maior fã de política, mas isso não irá me impedir de ler o livro. Fiquei muito curiosa mesmo, principalmente com o final da resenha!

    Beijos,
    Gaby
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oui, o livro parece ser bom mesmo ehm!
    ;D
    Gostei da forma que colocaste a resenha!
    vou por no skoob.
    kiss!

    ResponderExcluir
  20. Lu, só em ler a primeira frase da sua resenha eu já sabia que vinha coisa muito boa por aí. Gosto bastante de livros do gênero e fico ainda mais animado com a leitura ao perceber por sua palavras o quão apaixonante Serene é.
    Tenho uma relação de amor e ódio com livros que envolvem política, mas acredito que este ficaria no primeiro grupo.
    Enfim, Serena já entrou na minha lista de futura compras. Beijão!

    ResponderExcluir
  21. Nunca havia ouvido falar sobre esse livro (acredite se quiser) >< e por sua resenha fiquei com muita vontade de lê-lo. O enredo parece ser muito envolvente e só de saber que tem referências políticas já me animou um pouco mais. É bem como você disse mesmo, não é todo mundo que gosta, mas, eu adoro *-* Serena agora está na minha lista de compras. Parabéns pela resenha ^^


    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Esse livro então contém tudo o que eu gosto: política, literatura e romance. rs. De verdade adoro livros que te remetem a outras épocas, que misturam política, e que tem essa coisa policial investigativa, espionagem e etc. Ainda por que eu sou fã de pesquisas voluntárias, ou seja, sou fã de coisas que me deixam curiosas a ponto de querer pesquisar, e com certeza esse livro deve fazer isso. Está adicionado a minha lista de desejos. Obrigada pela indicação Lu.
    Beijão!

    Mari - http://leitorete.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Em primeiro lugar, eu preciso dizer que essa capa é linda demais, eu estou encantada com ela! *--*
    É tão bom ler uma resenha em que o autor gostou tanto do livro que nem sabe como colocar isso em palavras, isso só pode dizer uma coisa: que o livro é incrível e que vale muito a pena ler! Eu achei esse enredo sensacional, cheio de mistério, problemas e romance. Eu gostei muito e é um livro que eu gostaria de ler sim! Parabéns pela resenha!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Depois de você comentar tanto sobre esse livro achei que a leitura era necessária, por motivos óbvios - pelo menos pra você. Sua resenha apenas aumentou a curiosidade em saber o que tanto esse livro é capaz de fazer com os leitores e mesmo se não gostasse do cenário político retratado, como você citou, certamente iria dedicar um tempo a ele. Acho que algumas coisas por trás deste livro, por exemplo a época, são interessantes, mas nada se compara a esse desejo de querer saber mais sobre o assunto e a própria história. Não é qualquer livro que faz isso, por isso Serena deve ser muito especial (Não conhecia o autor e nem sabia desse outro trabalho. Espero não ser totalmente ruim :x)
    Após enrolar muito, coloquei ele na estante do Skoob e um dia vou ler. Pode ter essa certeza!

    Parabéns pela resenha, Luara \o/
    Beijos
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir
  25. Nossa Lu, imagino que realmente tenha adorado, rs.
    Li uma resenha de Serena em outro dos meus blogs queridos, que além de ter super elogiado, havia o classificado como favorito, assim como você, haha.
    O que só me deixa louca para ler não é? Comprarei em breve, pode acreditar, cheguei a pensar em comprar essa semana quando fui à livraria, mas como tinha outros livros na lista decidi deixar para a próxima, rs.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  26. Lu, gosto muito de livro com boas pitadas de contextos históricos e afins. Vi Serena nas livrarias antes de começarem os burburinhos na blogosfera literária, mas esta é a primeira vez que leio de fato uma resenha do livro. Fiquei impressionada e bastante satisfeita... acredito que seria bem interessante (no meu caso) realizar uma leitura assim. Vou buscar saber mais...

    P.S.: Adorei a sua referência acerca de O Palácio de Inverno. Almejo muito ler este livro... enfim.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. EU VOU TE MATAR LUUUU!!!

    i-i Eu to louca para ler esse livro :P E me mordento de mais vontade depois de ler essa resenha. As pessoas adoram fazer isso comigo ¬¬ Incrível, é a segunda vez hoje :P

    Mas ainda tenho a esperança de que um anjinho do ceu me dará esse livro :P se ele lembrar :P E se eu o ver no final do ano já que ele morra na Praia Grande i0i

    Beijinhos,
    Kimy Gabrielli.
    blogkimygabrielli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Ai, como você disse, tera muitas pessoas que não iram gostar deste tipo de livro, e creio que uma dessas criaturas sou eu. Politica? hum ... ai nunca gostei disso. Mas por outro lado, eu adoro, quando a personagens que gostam de ler. Como você disse, nós nos identificamos com eles!

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  29. Aaaaahh fiquei COM CERTEZA morrendo de vontade de ler! O livro parece ótimo!!
    Livro que surpreende!? Melhor ainda! Bah, esse é um ponto forte para me cativar! ;)
    Também tenho esse costume, ficar pesquisando sobre a época do livro, as histórias... Me faz sentir participante dela!
    Adorei!

    Vou procurar para ler!

    Beijo grande,
    Pri
    Baú de Histórias

    ResponderExcluir
  30. Oi, Luara!
    Não sou muito fã de citações políticas em livros, mas você me deixou tão curiosa que estou desejando ler esse livro o mais rápido possível! haha

    Beijos,
    Bianca - www.epilogosefinais.co.cc

    ResponderExcluir
  31. Luara, sendo esse um livro mais político eu não me interessei muito não, mas li uma resenha muito legal semana passada que me deixou já de pronto aviso, e lendo a sua hoje...fui fisgada, tenho de lê-lo.
    Resenha linda... me cativou demais .*.*
    Beijos querida.
    Razão e Resenhas

    Vivi

    ResponderExcluir
  32. É bem dificil falar de um livro quando gostamos muitoooo dele. Serena é um livro que está nos desejados, após inúmeros elogios. Li a resenha tão rápido que fiquei querendo mais, rs bjs

    ResponderExcluir
  33. Quero ler, quero ler! Também não faria meu estilo devido ao ar politico. Mas gosto da época do livro, então até aguento ler essas partes. haha Não tinha lido nada sobre ele ainda, fiquei curiosa e entra para minha lista dos livros que não esperava querer ler, mas lerei assim que der. haha (:

    ResponderExcluir
  34. Guuuuria! Se eu já estava extremamente curiosa com esse livro, tu me deixou extasiada! Preciso dele já!! *-*
    Adorei a resenha, flor :)
    Infelizmente, não li nenhum livro do autor ainda... :/

    Beijo grande :*

    ResponderExcluir
  35. OMG sou louca para ler O Palacio de Inverno e agora fiquei bastante curiosa com Serena, preciso lê-lo também.

    bjs Lu, amei sua resenha!
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  36. Sua resenha só me deixou com mais vontade de ler esse livro. =D

    ResponderExcluir
  37. Gostei da narrativa, fiquei curiosa para ler a história... Esse negócios de mulheres 'poderosas' me instigam !!

    Beijos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Gostei. Agora seu blog está nos meu favoritos. (:

    ResponderExcluir
  39. Parece ser um livro bem interessante,por abordar vários assuntos,como política,economia,amor...
    acho que com certeza vou colocar ele na minha listinha ^^

    strawberrydelivrosefilmes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  40. Ei Lu!

    Sabe, eu nunca tinha sentido vontade de ler esse livro. Porque eu sei que eu vou me enrolar na leitura e me perder na narrativa, exatamente porque você disse que cita muitas coisas econômicas, políticas, etc.
    Mas eu também acabei de descobrir que, no fim, eu ia acabar adorando lê-lo! Gosto de história, e embora Guerras não seja minha parte favorita, iria amar ler um livro que tivesse como cenário a pós-guerra.
    Quando você comprar exemplares e distribuir, lembra de mim viu? hahahahaha

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  41. Olá gostei muito da sua resenha, e esse tipo de livro também me fascina, já fiquei com insonia de não saber o que ia escrever sobre alguns livros quando gosto muito deles

    bjos

    ResponderExcluir
  42. Esse livro parece ser tão interessante! Adorei sua resenha, despertando muita curiosidade, rsrs!

    Beijos
    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  43. Uau, que história. Me interessei pelo livro ^-^ Parece ser algo bem "diferente".
    Estou louca para ler Reparação do Ian, e agora esse vai pra lista também *-*
    Adorei a resenha :D
    Beijinhos e bom feriado ^-^
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Luara adorei a resenha, gostei dos diferentes angulos que esse livro pode trazer, deve ser dificil mesmo falar de um livro que se gostou tanto neh? gostei bastante e me interessei pela história do livro, beijinhos amiga

    ResponderExcluir
  45. Ainnnn eu quero MUITO ler esse livro. Quase comprei ontem mas acabei levando alguns que estavam em promoção.

    Eu entendo bem quando a gente não sabe direito o que dizer sobre um livro que gostou muito, eu sempre fico assim, fico querendo expor tudo o que penso mas não sei por onde começar. Mas quando o livro é ruim eu acho mais dificil ainda, hahaha.

    No mais adorei a resenha e esse aí ta na lista (:

    beijos e bom fim de semana (:

    ResponderExcluir
  46. Nossa, pela capa esse livro não mostra nada da história.
    Realmente pensei que seria aqueles romances estilo de época. Sério, não pensei que fosse envolver as guerras, a espionagem e mais. Sou fascinada demais em histórias assim para poder ignorar este livro. Agora quero ler ele

    Bjks
    Paty
    http://abajurdepapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  47. Ainda não li nenhum livro com pegada política assim, mas seria uma experiência diferente então não vou dizer que não gosto. Sou apaixonada por livros sobre a Segunda Guerra e nem preciso dizer que sua resenha me deixou super doida pra poder ler Serena, né?
    Ainda não conhecia esse livro (ficar sem entrar em redes sociais dá nisso, rs), mas sua resenha ficou tão... pessoal que consegui sentir (e me arrepiei!) essa sua paixão por ele...
    Já vou marcar na minha listinha de desejados! Muito bacana a moça se apaixonar por um escritor, deve ser muito bacana isso! :)
    Bela resenha!

    Mil beijinhos!

    ResponderExcluir
  48. Oi, Lu!
    Eu quase pedi esse livro quando estava disponível para resenha com a Cia das letras e agora me pergunto porque não o fiz. A tua resenha é tão empolgante que agora eu tô mesmo arrependida. Curti a sinopse e a capa é bonita então acabei colocando na lista de leituras urgentes ;D

    Beijos,
    Gih {atualizado, comenta? http://jeito-inedito.blogspot.com}

    ResponderExcluir
  49. Nossa, é uma obra bem multifacetada, né? É mesmo difícil falar de um livro quando a gente se apaixona de verdade pela obra.
    Até mais ;*

    ResponderExcluir
  50. Amo livros ^^
    Flor adorei seu blog, já estou seguindo, dê uma olhada no meu se gostar segue lá.beijos

    http://tairinecarriom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  51. Estou ouvindo falar muito desse livro parece ser bem legal, estou bem curioso para ler.

    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  52. Não conhecia o livro, mas você resenhou de uma forma que me fez ficar realmente com vontade de ler a estória, mesmo sem gostar muito dessas referências políticas que a obra contém.
    Definitivamente é um livro que vou procurar saber um pouquinho mais sobre.

    Beijos, Carol
    Thousand Worlds

    ResponderExcluir
  53. Também acho extremamente complicado, beirando o impossível, falar de um livro que gostei. Esculhambar e achar defeitos é muito fácil, já dizer o porquê de ter gostado, bom... Não é.

    ResponderExcluir
  54. Só tenho que dizer uma coisa to louca para ler esse livro, as vezes acho que não vou gostar por causa dos fatos históricos, mas ai me lembro como amava as aulas de historia na escola e estou tentando ler livros diferentes, então serena é uma boa para mim *-*

    Beijos Bruna.
    Sweet Shyness

    ResponderExcluir
  55. Nunca li nda desse autor, embora seja desesperada pra ler Reparação. Achei a capa de Serena simples e bonita e depois da sua resenha lerei com ctza.

    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  56. Oi Luara!
    Adorei a sua resenha!
    Já faz algum tempo que estou com o e-book aqui, mas ainda não tinha me dado muita vontade de lê-lo.
    Pela sua resenha, acredito que também vou adorar a leitura! :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  57. oi,
    livro com teor politico não é muito a minha praia, mas etnho lido resenhas tão positivas dele, q fiquei curiosa para ler, vou dar uma chance

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir