18/03/2013

Resenha: Sangue Quente

Título: Sangue Quente
Autor: Isaac Marion
Editora: Leya
Páginas: 256
R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. 

Minha vontade de ler Sangue Quente era grande e vinha de muito tempo. Há mais ou menos um ano descobri o livro e desde então ele estava na minha lista de desejados. Quando soube que a adaptação para os cinemas iria ser lançada, a minha vontade ficou ainda maior. Mas, no final das contas, esse excesso de expectativa acabou atrapalhando e muito a minha leitura.

R é um zumbi, mas não é um zumbi qualquer. Ao contrário de todo o seu grupo, R quer entender o que o levou a chegar até onde está e o que o leva a fazer tudo o que faz. Ele tenta a todo custo relembrar momentos de sua vida enquanto ele ainda não era um zumbi, inclusive seu nome, do qual só lembra a primeira letra.
Mas é quando R e seu grupo saem para se alimentar que tudo sai de seus eixos. Ele conhece Julie, uma humana viva, e acontece o que ele julgava impossível: eles se apaixonam. E agora, R está começando a mudar e eles precisam descobrir o motivo antes que alguma coisa ruim aconteça...

Estou morto, mas isso não é tão ruim. Aprendi a conviver com isso. Desculpe não me apresentar da forma correta, mas não tenho mais um nome. Dificilmente algum de nós tem um. Nós os perdemos, como perdemos chaves de carros, os esquecemos como esquecemos de alguns aniversários. O meus talvez começasse com R, mas isso é tudo que sei. p. 13
O grande problema que eu encontrei com Sangue Quente foi que eu esperava algo totalmente diferente dele. Sim, eu já sabia que iria encontrar um romance envolvendo um zumbi que segue os padrões do novo mercado juvenil literário, mas não esperava um personagem tão introspectivo. Eu estava preparada para um zumbi mais... zumbi, se é que vocês me entendem. É claro que vemos momentos claros em que eles comem cérebros e andam vagando por aí sem se importar como todo zumbi deveria ser, mas essa crise existencial do próprio R acabou me irritando em algumas partes e em outras, eu tenho que admitir, nem conseguia chegar ao ponto que ele queria que eu chegasse...

Mas isso não foi um grande motivo para que eu o detestasse. O autor conseguiu criar um personagem totalmente diferente do comum, e, apesar dos pontos que eu realmente não curti, o R tem características que fazem qualquer garota gostar dele: ele é superprotetor, sabe ser uma gracinha quando quer e até coleciona coisas antigas e adora ouvir um LP (me conquistaria fácil). Julie também tem seus pontos altos, é uma personagem forte e desafia todos ao seu redor, o que faz com que qualquer leitor se simpatize com ela.

O enredo seguiu exatamente para o desfecho que eu esperava desde o início, logo não foi lá uma grande surpresa. Mas eu fiquei decepcionada com o final que o livro teve, até porque eu esperava uma explicação melhor para tudo o que tinha acontecido até então. Ele ficou muito aberto e talvez esse seja o gancho para uma futura continuação, já anunciada pelo autor.

Ela fica me encarando. Seus lábios estão comprimidos e pálidos.
Aponto para ela, para minha boca e depois para os meus dentes tortos e ensangüentados. Faço que não com a cabeça. Ela se encolhe para perto da janela. Um grito de terror começa a aparecer na garganta dela. Isso não está dando certo.
– Segura – falo para ela, soltando um suspiro. – Manter... você segura. p. 34
Mas vamos falar sobre uma das coisas que eu mais gostei no livro: a diagramação. A editora Leya fez um trabalho muito legal colocando várias partes do corpo humano no começo de cada capítulo. Ficou interessantíssimo e eu ficava tentando descobrir a ligação de cada parte com o capítulo (o que em alguns casos até tem, mas em outros eu já não consegui decifrar).

Fãs de The Walking Dead, por favor, não leiam este livro. É como pedir para um grande fã de Drácula ler Crepúsculo. Como eu não sou uma super fã de zumbis, eu gostei de uma versão romantizada deles, deixou o assunto bem mais leve e eu não fiquei impressionada pensando em cenas de carnificina e afins. Para quem é assim como eu, vale mesmo a pena ler e descobrir que os zumbis também podem ser seres legais. 

49 comentários:

  1. Eu sou fascinada por zumbis, dos tipo mais clássico sabe, mas eu gostei desse livro, meu problema com ele foi a falta de explicação, não só pelo motivo que levou a sociedade ao colapso, mas principalmente pelo final, aquilo não podia ficar sem explicação, é bizarro demais. Também amei a diagramação da Leya. Só lerei a continuação se o autor der boas explicações para tudo.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  2. Vou voltar a bater na mesma tecla e dizer que esse não é um livro literal. Todo mundo fica nessa de 'Ah, ele não é um zumbi zumbii', e nem era pra ser. O que Marion criou foi um retrato da humanidade muito inteligente, quantos de nós não comem cérebros mas agem como zumbis, meio que o que você disse sobre "vagando por aí sem se importar". Acho que o que o autor queria trazer não era nem o romance em si, mas essa crítica da humanidade que está se afastando um dos outros, essa coisa de 'estar vivo' x viver.

    Veja bem, não estou te criticando nem nada. Essa é a sua opinião, só estou dividindo a minha. Acho que, quando a gente dividi e bate um papo respeitoso, nós conseguimos enxergar diferentes perspectivas que não veríamos sozinhos. Ao meu ver, o romance só serviu de veículo para a crítica do autor.

    Quanto a falta de explicações, bem, depois que eu vi a crítica acho que tudo se encaixou. Enfim, deixa eu ir ou vou ficar aqui tagarelando um tempão. -e vou acabar soltando spoilers involuntários.

    Beijitos

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu!! haha adorei a sua dica do final para os fãs de the walking dead :p vou espalhar por aí haha não faz muito meu gênero mas adorei a sua resenha e os quotes como sempre ;)

    beeeijos!
    http://superbookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu realmente não sei o que esperar deste livro, ele parece ser muito diferente de tudo o que eu já li, mas mesmo assim eu quero arriscar, pois já li um livro que se assemelha um pouco com ele, é um livro nacional do autor Douglas Eralldo e entrou para a minha lista de favoritos, naquele livro o autor apresentava um conceito diferente de zumbi, então eu acho que de certa eu já estou preparado para os zumbis de Sangue Quente.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Li o livro a pouco tempo também, adorei, eu sou fan de zumbis mas sou muito romântica, então achei muito linda a história. Assisti ao filme e gostei, acho que pra um filme cumpriu seu papel.
    Bela resenha Luara.
    Beijinhos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  6. Luara, eu também esperava um zumbi xucro, e não um humanista! Quem já tem uma base de conhecimento geral sobre os zumbis certamente vai estranhar o livro: os zumbis daqui pensam - em especial R, que é o estopim pra essa virada - mas mesmo em meio às novidades e furos é interessante acompanhá-los, e o autor nos reserva bons momentos. Vale a pena só por ser diferente.

    ResponderExcluir
  7. Amiga eu li a resenha do Livro e percebi que a história é legal, mas é uma pena não ter atingido as suas expectativas, apesar de vc ter dito que gostou da história e coisa e tal. Mas é assim mesmo. Tem livros que nos identificamos mais e tem outros que não. E quando se espera muito deles, acaba não sendo o que é na verdade. Dá para entender o seu lado sim. Mas achei bacana o que vocÊ disse do livro. Muito interessante. Mas eu já não gosto de LIVRO de terror não. sei la hahahaha...Eu prefiro Livros mais Light, pois faz mais meu gênero de leitura...enfim...

    E Linda, me desculpe se eu nào entrei fim de semana, mas é que não costumo entrar muito no Blog mesmo. Mas espero que esteja tudo bem com você. Logo vou fazer um post bacana, fica no aguardo. beijinhos

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. estou lendo ele, e apesar de estar nas 200 primeiras páginas, já estou bem decepcionada!
    acho que eu esperava muito dele :S
    mas bom, ainda estou no começo né... vou terminar de ler ele para ter uma ideia mais completa dele!

    ResponderExcluir
  9. Enquanto esperava o voo uns 2 anos atrás, acabei comprando esse livro. Achei a história bobinha, ideal para ler em um avião. Mas infelizmente não é um livro que impacta muito, daqueles que atiçam nossa curiosidade ao extremo.

    Mas vale como leitura rápida.

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro histórias de zumbi, assisto todos filmes e séries, leio os livros, mas sou do tipo que gosta deles da forma clássica, acho que a história ficou um pouco sem sentido com o tipo de zumbi que construíram nesse livro, talvez isso seja em grande parte devido ao meu gosto por histórias de zumbi clássicas, mas não curti muito essa história.
    Abraços
    Melissa
    decoisasporai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi flor, eu assisti o filme e gostei muito e desde então quero ler o livro.. pena que o final deixou a desejar...
    Bom vc falou dos capítulos, haaa queria ver... :(
    Vc bem que podia tirar umas fotos pra gente ver hehe

    Resenha em video no blog ^^
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Adoro zumbis, mas confesso que quero muito mais ver o filme do que ler o livro.

    ResponderExcluir
  13. eu sou fã de the walking dead e apesar de tudo de nao gostar de zumbis que pensam xp eu gostei desse livro

    ResponderExcluir
  14. Adorei, amo livros sobrenaturais e gostei muito de Crepusculo rsrs Amo clichês, a verdade é essa. Walking Dead é ótimo mas me arranca muitos gritos de pavor rsrs Acho que prefiro Sangue Quente ^^

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto de diversificar zumbis, bruxas e vampiros e quero muito ler esse livro. Amei a capa dele!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    @alyneadriana

    ResponderExcluir
  16. Oi,

    li esse livro, mas diferente de você, acabei amando a história! Como não sou muito fã de zumbis, gostei do protagonista não ser tão zumbi assim... Ótima resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Sou muuito suspeita pra falar sobre Sangue Quente, já que adorei! Nunca tinha pensando na explicação que o autor dá pro fato de zumbis comerem cérebros tão avidamente. R é um amor e super irônico, e Julie é diferente de qualquer mocinha que já vi. A adaptação pra telona também ficou muito boa, mas a tradução do nome do filme... Vergonhosa.
    Beeijos
    Chá de Palavras

    ResponderExcluir
  18. Oi Lu!
    Eu ainda não li Sangue Quente, mas meu noivo leu e gostou bastante. Pretendo ler em breve (assim que diminuir a minha fila gigantesca de leitura). O filme ele viu também, mas não curtiu. Segundo ele, tem várias mudanças que deixaram muito a desejar.
    Enfim..agora é pegar para ler e tirar minhas conclusões, né?
    Adorei a resenha!
    Beijos
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie Luara
    sou fã de TWD, e de zumbis, mas adorei o R rs
    acho que sou do contra, porque gosto quando um autor desconstrói tudo, e dá uma nova "roupagem" para um ícone, no caso os zumbis...
    meu comentário tá confuso, pq meus parafusos estão soltos rs mas vc entendeu né rs
    Eu amei o livro, e quero muito assistir o filme.
    Bjos

    ResponderExcluir
  20. Oi Luara, no começo eu odiava esse livro e a ideia de um zumbi se apaixonar por uma humana (sou uma adoradora de zumbis, então eu acho que você me entende), achava uma piada e tudo mais, porém meus amigos me convenceram a ir ver o filme no cinema e eu achei bem engraçado, gostei do fato de ser mais cômico do que sério, porque isso deixou tudo mais leve, como se fosse meio que uma sátira, não sei se no livro é assim, tão engraçado quanto foi o filme ou se o filme foi fiel ao livro, mas eu achei legal (: em um futuro eu vou ler o livro por pura curiosidade e espero que eu goste!

    Agente já postou lá, quer ler? Desde já obrigada!
    -Mica
    Fallen in Me

    ResponderExcluir
  21. Oi Lu, eu até gosto de histórias de terror com zumbis, mas como eu sou medrosa demais, nem posso me dizer uma fã. E eu achei diferente a história, não acho ruim quando acontece essa romantizada, acho que cada história, desde que bem escrita, pode ser boa. Eu tenho esse livro e pretendo ler em breve.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia esse livro, mas achei a história completamente diferente de tudo que já li. Fiquei muito curioso e com aquele gostinho de 'quero mais'. Quero muito ler e ver se vai atender às minhas expectativas ^^

    Abraços,
    http://therevolucaonerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Não sei se eu leria, já que eu não sou fã de zumbis, mas pelos comentários positivos que li sobre esse livro,o enredo dele parece ser razoável.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Luara!!!

    Adorei conhecer seu blog! Lindão ele! hahaha
    Tinha - tenho um poukinho vai... - de preconceito com esse livro.
    Como fã de TWD acho que zumbis tem que ser Matadores e Selvagens! hihihi

    Mas vou assistir o filme em breve, com certeza. Vou ser mais mente aberta. Adorei sua resenha... ficou muito boa.
    - vou assistir apesar de sua observação final... -

    Seguindo seu blog' :)
    Bjo Bjo
    Lucas F >>> http://apanhadordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. OLá Luara,

    Não sou muito fã de zumbis, mas sua resenha me deixou curioso...parabéns....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Eu li esse livro quando lançou... faz um tempo.
    Na época que ninguém falava dele, tive uma grande surpresa com a leitura.
    Adorei a resenha sua linda!!

    Ainda não vi o filme. Nem sei se quero. Tenho tanto medo de me decepcionar. Enfim, adorei relembrar desse livro.

    Bjkas

    ResponderExcluir
  27. Olá :)
    Bem, já ouvi muito bem falar sobre esse livro, pensei em comprá-lo, mas acabei comprando um outro de romance, mas ele continua na minha wshilist literária ^^

    Beijos flor
    http://drerodrigues.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Não gostei muito... Não é um livro que eu leria :/
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  29. Oi, Lu.

    Eu li a resenha do filme e até senti um pouquinho de vontade de assisti-lo. Talvez o livro seja ainda mais interessante. Eu não gosto de zumbis, assim como não gosto de vampiros, mas assisti a Entrevista com o Vampiro e gostei, e gostei mais ainda da Saga crepúsculo, ou seja, pode ser que eu goste muito dessa história - livro e filme.

    Amei sua resenha. Perfeita, como sempre! =D

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  30. Oiie, eu li sua resenha e gostei muito, porém não me atrai livros desse gênero, fiquei curiosa sim pra ver o filme porque o pessoal diz que não se parece muito com o livro !
    Adoro quando a editora tem todo um cuidado com a diagramação !
    Beijos
    Raíssa Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Como não sou fã de zumbis, adoraria ler esse livro.
    Ia assistir o filme no cinema, mas li vários comentários negativos e optei por assistir online pra não precisar gastar dinheiro haha

    Beijão
    Sun Rises Here

    ResponderExcluir
  32. Eu não sei o que pensar desse livro... Uns amam, outros detestam. Bom, o jeito é eu ler, ele já até está aqui comigo só esperando o dia em que eu vou resolver pegar e ler.

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    http://myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi Lu;
    Realmente esse livro é confuso um zumbi um tanto romantico? rs
    Por mim tudo bem... mas como você disse, para os fãs dos verdadeiros zumbis isso não deve ser nada legal.rsrs

    Mas eu to gostando das resenhas que leio dele.
    Vou coloca-lo na minha listinha de leituras.

    Beijokas
    Jaque - Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
  34. Parecem ser um ótimo livro, fiquei com vontade de ler, até porque um zumbi romântico me deixou interessada!

    xoxo,
    @priscilafrr
    http://cappuccinoeaconta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. O livro deve ser bem diferente do filme, pois percebo que no filme há um "quê" de ironiaa, comédia, e o livro parece ser mais sério, tanto que possui as crises existenciais do protagonista!

    Beijos *-*
    Clicando Livros

    ResponderExcluir
  36. Ola laura.... Eu tive uma impressao semelhante a sua sabe? Eu esperava tudo que o livro nao foi, mais dramatico maid explcativo maid zumbi, enfim. Apesar de ter uma leitura fluida o livro deixa a desejar muuuuito. A historia eh muito sem sal entende? Quando acabei a leitura me senti tao enganada hahabahaga mas dei boas risadas com filme... Como ja sabia o que esperar, relaxei e ri muito.

    Adorei a resenha :)

    Beijos,
    Carol e seus livros

    ResponderExcluir
  37. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda de ler esse livro. Tenho certeza que eu vou amar! O filme eu gostei muito! *-*
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Acho que cheguei na página 100 do livro e estou extremamente desanimada com ele. Nem é porque eu seja fã de The Walking Dead e de zumbis sendo ZUMBIS, mas é que, apesar das críticas que o Isaac faz, tudo parece muito ~errado e conveniente. A narrativa é muito boa, mas o R pensa tantas coisas a todo o tempo que chega a dar sono.
    Porém preciso terminar o negócio antes de falar mal direito, né. Adorei sua resenha, viu? Beijos!

    whosthanny.com

    ResponderExcluir
  39. Poxa é uma pena quando a gente cria expectativas assim e acabamos nos "frustrando" um pouco, sempre tenho medo de ficar com essa ansiedade de ler algum livro. Ainda não assisti o filme e nem li o livro, não despertou muito o meu interesse. Adorei a resenha!

    Beijos,
    http://comoumrefugio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Oi Luara!

    Eu li esse livro, mas não gostei. Os personagens não me impressionaram, a linguagem do autor me desagradou bastante e eu não consegui aceitar algumas coisas daquela história. Mas, gostei da diagramação do livro achei bem legal a ideia. :)

    Beijos!

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  41. Oi Lu,

    Ainda não li o livro, mas depois dá sua resenha acho que não vou lê mesmo! hahahaaha Por que ninguem merece um "Edward Zumbim" hahaha

    Bjs!

    Iris Pereira
    http://viciadospelaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Quando falei sobre o filme lá no meu blog, falei a mesma coisa que você. Fãs de zumbis 'de verdade' não vão gostar hehehehe. Meu sobrinho leu o livro e disse que gostou muito. Não li ainda, mas vou comprar.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. Já vi algumas resenhas desse livro, e eu estou interessada em ler!!
    Mas é verdade, quando a gente cria expectativas demais acaba se decepcionando em alguns pontos!!

    http://4demarco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  44. Oi querida, como vai?
    Estou louca pra ler esse livro, demais e demais. Sua resenha só me deixou com mais vontade.

    Marinah | www.marinahgattuso.blogspot.com
    Não deixe de participar da promoção do livro: MANUAL DA NOIVA!

    ResponderExcluir
  45. Zumbi com crise existencial? Oi? Rsrs...
    Mesmo assim, quero ler Sangue Quente!
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  46. Ahhh, esse livro é um dos que estou curiosa para ler. Primeiramente quando eu soube da história achei ridículo: Vamos ser sinceros, um zumbi se apaixonar por uma humana?! Ele está morto! E não é como um vampiro que muitas vezes tem toda aquela coisa de ser sexy...
    Mas, mesmo assim fiquei curiosa, esse é um grande defeito meu.(ou seria qualidade?) Quando vi o trailer do filme, eu ri. É claro que só podemos encarar isso como uma história de comédia!
    Ele está na minha listinha infindável de livros para serem lidos. ^^
    http://simplesleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  47. Esse livro eu quero ler faz tempo, mas acho que estou adiando a leitura exatamente por esse receio de encontrar um zumbi que me faça criar raiva de zumbi sabe. Pra mim zumbi tem que ser zumbi de verdade e não ficar tento crises existências >.<

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  48. Um livro que divide opiniões! Ainda não li nada de zumbi, mas estou louca para ler The Walking Dead!
    Mas se tiver a oportunidade de ler esse livro, quem sabe!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  49. Só assisti o filme
    O que deve ter toda as suas diferenças
    Mas não tive muita vontade de ler o livro

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir