26/09/2013

Resenha: O Pessegueiro

Título: O Pessegueiro
Autora: Sarah Addison Allen
Editora: Planeta
Páginas: 256
Willa Jackson vem de uma antiga família que ficou arruinada gerações antes. A mansão Blue Ridge Madam, construída pelo bisavô de Willa durante a época área de Walls of Water, e outrora a mais grandiosa casa da cidade, foi durante anos um monumento solitário à infelicidade e ao escândalo. Mas Willa soube há pouco que uma antiga colega de escola – a elegante Paxton Osgood – da abastada família Osgood, restaurou a Blue Ridge Madam e a devolveu à sua antiga glória, tencionando transformá-la numa elegante pousada. Talvez, por fim, o passado possa ser deixado para trás enquanto algo novo e maravilhoso se ergue das suas cinzas. Mas o que se ergue, afinal, é um esqueleto, encontrado sob o solitário pessegueiro da propriedade, que com certeza irá fazer surgir coisas terríveis. Pois os ossos, pertencentes ao carismático vendedor ambulante Tucker Devlin, que exerceu os seus encantos sombrios em Walls of Water setenta e cinco anos antes, não são tudo o que está escondido longe da vista e do coração. Surgem igualmente segredos há muito guardados, aparentemente anunciados por uma súbita onda de estranhos acontecimentos em toda a cidade.


O Pessegueiro é um desses livros que, não importa o momento em que você o leia, tirará alguma lição dele e a carregará por muito tempo, mesmo não sendo este seu objetivo principal. Apesar das minhas altas expectativas, fui presenteada com um livro que me envolveu de tal forma que ainda sinto como se estivesse vivendo aquela história. A sensação que ficou é que o livro poderia ser muito maior e ainda assim continuaria encantador.

Willa era conhecida como a piadista nos tempos de escola. Hoje, anos mais tarde, sua vida mudou. Agora a responsabilidade pesa nos seus ombros e ela tem que administrar a sua vida adulta. Quando Paxton a convida para participar de uma festa no Blue Ridge Madam, mansão em que a avó de Willa morou no passado, vários segredos envolvendo tanto a cidade de Walls of Water quanto suas famílias começam a aparecer e isso as leva a uma jornada de autodescoberta, amor e amizade.

Ela não acreditava nem em fantasmas, nem em superstições, nem que campainhas tocassem sozinhas.
Mas uma coisa em que ela acreditava era o amor. Acreditava que era possível sentir seu cheio, seu sabor, que ele podia mudar toda a trajetória de uma vida. p. 171
Da mesma autora de A garota que perseguiu a lua (resenha), O Pessegueiro fez com que eu esperasse muito. Como gostei demais do livro anterior da autora, esse tinha tudo para fazer com que eu colocasse a autora Sarah Addison Allen entre uma das minhas favoritas e foi exatamente isso o que aconteceu. Este livro segue o mesmo padrão do outro: a leitura fluida faz com que ele fique parecendo um conto, de tão gostoso que é de ser lido. Mesmo com suas 256 páginas, em nenhum momento o drama envolvido se torna maçante.

Isso ocorre porque Allen tem algo especial em sua escrita: ao mesmo tempo em que é suave, ela consegue abordar temáticas fortes sem perder a magia de seu enredo. Ela amarra tão bem todos os pontos envolvidos – mistério, romance, autodescoberta – que aquilo te absorve de tal forma que você só consegue parar de ler quando não há mais páginas a serem lidas. Foi assim comigo: em todas as vezes que eu fazia uma pausa na leitura, era como se algo me chamasse para ele.

Grande parte disso se deve aos personagens criados pela autora. Há uma sensação de familiaridade com cada um deles apesar de não haver tempo para que uma relação maior seja criada com o leitor. Mesmo que Willa seja dita como a protagonista, a autora faz com que cada personagem tenha relevância para o enredo e isso faz com que todos sejam bem construídos, de forma com que sempre existirá alguma característica de algum deles que vai fazer com que o leitor se coloque em sua pele e viva determinada situação.

A felicidade é um risco. Se você não sentir um pouquinho de medo, não está fazendo a coisa certa. p. 213
A doçura do livro já está explícita na capa. Vou falar a verdade para vocês: adoro as capas dos livros da Sarah Addison Allen! A editora Planeta fez muito bem em publicá-los com a capa original e ainda dar atenção para a diagramação de forma que a leitura ficasse ainda mais gostosa. Como eu já mostrei a diagramação de A garota que perseguiu a lua na resenha deste, agora vou mostrar a de O pessegueiro, que vocês podem conferir na foto abaixo:


O Pessegueiro é um daqueles livros que sempre que você olha para ele na estante, lembra com carinho de sua história e que, sempre que possível, irá reler. Uma história doce, com aquela pitada de mistério e romance que não podem faltar para que o leitor se sinta instigado a ler mais e mais. Recomendo não só esse, mas também o outro livro da autora, A garota que perseguiu a lua. E fico aqui, com o coração na mão, esperando que a editora lance mais livros da Sarah Addison Allen, afinal, ela merece espaço não só na minha estante, mas na de todos. 

32 comentários:

  1. Boa tarde Luara,

    Pela sua resenha esse livro deve ser muito emocionante e interessante, a capa não me chama atenção, mas depois da sua resenha colocarei na minha lista....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Luara, li apenas um livro da autora e foi suficiente pra que eu me tornasse fã. Ela tem um jeito especial de escrever e consegue fazer poucas páginas serem mais interessantes do que muitos livros enormes.
    Ganhei esse livro em uma promoção da editora e até agora estou tentando achar um espacinho pra encaixar entre as minhas leituras. Espero que seja ligo.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  3. Oi, Luara. Que bom que você gostou. Eu amei esse livro. É mesmo doce e encantador. Também fiquei com ele nos meus pensamentos. :)
    A diagramação é linda e estou louca pra ler "A garota que perseguiu a lua".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. A então acho que quando ler ele vai ser igual o sentimento que sinto com o "O Diário de Suzana para Nicolas", as vezes me vejo flertando com o mesmo, olhando para o livro, o livro olhando para mim, quando dou por mim, já estou relendo alguns capítulos. Até mais, ótima resenha, adoro leituras que nos deixa aprendizagens. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já há tempos que quero ler A garota que perseguiu a lua, mas a possibilidade de que O Pessegueiro se trate de coisas sobrenaturais me deixa com um pé atrás. Mas é verdade: a diagramação é linda. Ótima resenha!

    @mmundodetinta
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Luara, acho as capas dos livros da autora lindo também e amei esse trabalho da editora, realmente lindo. Eu ainda não li os livros dela, se não me engano li a resenha do outro aqui e foi assim que fiquei curiosa com a autora. Está na minha listinha já.
    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu, como vai?
    Adorei a sua resenha. Esse livro me encantou de vários modos, a história e a bela capa. Não vejo a hora de poder lê-lo.

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
  8. Desconhecia o livro e a autora, mas do jeito como você falou dos mesmos, fiquei encantada e louca para comprar, e poder apreciar por si só as belas letras de Allen. Vou adicionar O Pessegueiro a minha lista de livros. Quero ver o quão incrível a estória pode ser!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oie Lu
    Desde o outro livro dessa autora, lançado aqui no Brasil, que eu tenho curiosidade de conferir algo dela. Adoro tramas que unem um pouquinho de mistério e romance, aliado a uma escrita leve. Acho que começarei por esse.
    bjos

    ResponderExcluir
  10. Tbm tou louco para conferir esse livro, espero me surprender com essa narrativa.
    Adoro o blog. bjs


    http://thebooksmylife.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Ainda não li nada da autora , nem conhecia o livro :)
    Gostei muito da resenha, adoro conhecer coisas novas !!
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Lu, vou confessar que estou doida pra ler este livro, mas antes eu preciso ler A Garota Que Perseguiu a Lua, que comprei e ainda não li.
    Resenha maravilhosa, vai me fazer sonhar com a Willa.
    Adorei!!

    Bjks

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ah, nunca li nada da autora mas sua resenha me deixou com vontade. Na verdade, já ouvi falar deste livro e do outro - e super elogios à diagramação - e então acho que já está mais do que na hora de eu ler os livros, mas não sei se compro logo agora ou espero mais um pouquinho para adquirir os dois, porque uma coisa que eu percebi em sua resenha e agora tenho certeza: a autora tem uma escrita leve e doce e dá uma sensação gostosa ao leitor. Adorei o quotes que você marcou na resenha e principalmente a foto da diagramação do livro, e adorei mesmo o trabalho da Planeta!

    Abraços, Joshua Guimarães
    Blog Pensamentos do Joshua - pensamentosdojoshua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Ai a diagramação é perfeita. Assim como você, espero muito do livro por conta da autora. Foi uma das minhas aquisições da Bienal e está no meu planejamento de leituras para outubro! Espero me encantar pela obra como você!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ahh essa diagramação... Linda mesmo! Adoro livros bem feitos e com esses detalhes. Adorei sua resenha e me deixou mesmo com vontade de ler. Mais que anotada a dica.

    Beijos,
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/ Segue lá

    ResponderExcluir
  16. Oieee sua linda *oo*
    Poxa, tenho o primeiro livro dessa autora ainda não li, mas farei isso ainda esse ano! Que capa linda, e o melhor amei tua opinião quero ler esse livro co certeza, espero me sentir como você quando estiver com ele aqui *oo*
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  17. eu li A garota que perseguiu a lua da autora, e apesar de não ser o tipo de livro que normalmente me atraia, Sarah consegui me conquistar
    achei incrível a escrita dela, e agora estou com muita vontade de ler O Pessegueiro também!
    concordo com o que você falou sobre as capas... são fofas demais! *-*

    ResponderExcluir
  18. Adorei sua resenha e fiquei bem curiosa para ler tanto esse quanto A Garota que Perseguiu a Lua!
    As capas são lindas demais!
    Beijão
    http://thais-monte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Luara, fiquei bastante interessado, sua resenha mexeu com minha curiosidade e vou atrás dos livros da autora. Eu gosto muito quando os autores não precisam de quinhentas páginas para fazer um grande livro - a maioria confunde esse "grande", ele nada tem a ver com páginas! Me ganhou completamente no narrativa "suave", é disso que ando precisando.

    Resenha perfeita ;) Dois abraços.

    ResponderExcluir
  20. Eu amo esses livros, é bom ler algo que te faz mudar em alguma coisa.
    http://www.vicioempaginas.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Eu ameeeei completamente A Garota que Perseguiu a Lua e estou louca para ler O Pessegueiro! Essas capas são lindas e o modo com que a Sarah insere a fantasia na estória do livro é... maravilhosa. Tenho certeza que vou amar esse livro quando ler :3

    ResponderExcluir
  22. Concordo que a diagramação do livro realmente parece impecável. E com certeza, a sinopse me chamou a atenção. Pela sua resenha já coloco este livro na lista de próximas leituras.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Olá Laura!

    Tudo bom? Retribuindo a visita!

    Eu já tinha lido algumas resenhas dele, algumas falando bem e outras nem tanto. Eu gostei do livro logo de cara, pela sinopse e com a sua resenha fiquei mais interessada ainda em ler!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  24. Menina que capa perfeita,
    compraria o livro só por ela... Quanto ao enredo quem diria que
    essa capa belíssima e delicada esconde uma estória tão sinistra???
    fiquei curiosa pela leitura

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. antes de começar a ler a resenha já quis o livro!
    a capa é linda e essa fotinho da página dele me deixaram curiosíssima!
    nunca tinha ouvido falar dele, mas sua resenha me fez querer ler urgente! adoro livros que, além do entretenimento, nos trazem lições para refletirmos.

    megaa bjoo
    ;**

    ResponderExcluir
  26. Eu queria o livro só pela capa, mas é bom saber que o conteúdo também vale a pena.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Sou o tipo de pessoa que pode comprar um livro apenas por ter se apaixonado pela capa. Já comprei livro sem ler o título por ter ficado entorpecida pela capa. Este é um que poderia me levar a isso.
    Mas, confesso que a resenha ajudou, rs!

    A autora tem razão _ a felicidade é um risco e o medo faz parte dela. Tenho vivido isso agora.

    Beijos,
    Pâmela Rodrigues

    ResponderExcluir
  28. Lu, eu tenho muita vontade de conhecer a forma dessa autora de escrever! acho que pode ser uma grata surpresa, principalmente esse fato de ser um livro para tirar lições, achei lindo esse detalhe da página!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oii...
    Sempre tive muita curiosidade de comprar este livro. Eu quase comprei ontem, mas acabei não comprando..rs
    É tanto livro que você fica doidinha..rss
    Mas gosto das resenhas que vejo e gostei da sua. Um dia eu leio...


    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Awn, mas que lindo <333
    Estou bem curiosa para ler, e esse capitulo da imagem, que formato lindo!
    Ah, quarta feira vou postar minha primeira resenha no meu blog. Gostaria de lhe convidar para lê-la e me corrigir se necessário. beijos e que Deus te abençõe ♡ Blog Like a Rock, Like a Roll (clique) | Fan page|Pesquisa

    ResponderExcluir
  31. Oi Luara, parece ser um livro bem emocionante e com uma boa história.
    Eu adoro essa capa que vi de pertinho quando estava na Bienal.
    Acho ótimo quando a editora cuida bem da diagramação.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Esse livro já tinha me ganhado quando vi aqui no blog que a editora o tinha lançado, a capa, nossa, que capa perfeita e delicada. mas ao que tudo indica não é somente a capa que é delicada e perfeita.
    Sua resenha me deixou doida aqui, morrendo de vontade de conhecer a história completa. Está na lista de compras com certeza. Obrigada pela dica.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir