24/07/2014

Lançamentos #47: Bertrand Brasil

Título: Sangue
Autor: K. J. Wignall
Páginas: 224
1256. Will estava destinado a ser o Conde de Mércia, mas não viveu o bastante para herdar o título, já que foi acometido por uma estranha doença aos 16 anos de idade. Mesmo assim, apesar de sua morte – e de seu enterro –, ele não está nada morto. Ao longo das páginas, o leitor vai compreender um pouco sobre esta condição de Will. Descobrir que ele está existindo entre a vida e a morte. Ocasionalmente hiberna, sempre esperando que a morte lhe chame e, toda vez que desperta, enterrado no solo, tem uma breve lembrança do primeiro pânico que sentiu em 1349. Sangue apresenta como um de seus principais diferenciais o fato de ser mais macabro e sombrio do que as obras atuais do gênero. Para Wignall, o romantismo é importante, mas nunca deve se sobrepor ao enredo. Assim, ele elaborou cenas angustiantes, como as que o protagonista enfrenta sempre que desperta das hibernações, além de ambientes sinistros e escuros e personagens bem-construídos, perversos e sem escrúpulos. 

 Título: a cor do leite
Autora: Nell Leyshon
Páginas: 208
em 1831, uma menina de 15 anos decide escrever a própria história. mary tem a língua afiada, cabelos da cor do leite, tão brancos quanto sua pele, e leva uma vida dura, trabalhando com suas três irmãs na fazenda da família. seu pai é um homem severo, que se importa apenas com o lucro das plantações. contudo, quando é enviada, contra a sua vontade, ao presbitério para cuidar da esposa do pastor, mary comprovará que a vida podia ainda ser pior. sem o direito de tomar as decisões sobre sua vida, mary tem urgência em narrar a verdade sobre sua história, mas o tempo é escasso e tudo que lhe importa é que o leitor saiba os motivos de suas atitudes. a cor do leite apresenta a narrativa desesperada de uma menina ingênua e desesperançosa, mas extremamente perspicaz e prática. escrito em primeira pessoa e todo em letras minúsculas, o texto possui estrutura típica de quem ainda não tem o pleno controle da linguagem. a jovem narradora intercala a história com suas opiniões, considerados por alguns críticos os trechos mais angustiantes da obra. 



Título: O Conto do Covarde
Autora: Vanessa Gebbie
Páginas: 378
O menino Laddy Merridew foi enviado para morar com a avó em uma pequena comunidade do País de Gales. Lá, inicia uma improvável amizade com Ianto Passchendaele Jenkins, o mendigo contador de histórias da cidade que é guardião do legado da Gentil Clara, uma antiga mina da região que explodiu há muitos anos e deixou marcas nas gerações futuras. Por meio das histórias do amigo, Laddy é envolvido pelo passado da cidade e pelos enigmas do presente. Os homens da cidade – assim como as mulheres que os geraram, as que casaram com eles e as que lamentaram suas mortes – estão interligados pelos ecos da tragédia da Gentil Clara e pela misteriosa figura de Ianto Jenkins, cujas histórias de lealdade e traição, perda e amor, formam uma inesquecível e fascinante colcha de retalhos. O conto do covarde é uma história ímpar, com texto emocionante e personagens cativantes, que foi considerada por muitos críticos um dos melhores lançamentos de 2011.

 Título: Prisioneiro da Sorte
Autor: Jeffrey Archer
Páginas: 518
Quando Danny Cartwright sai para comemorar seu noivado com Beth Wilson e o irmão dela, Bernie, que também é seu melhor amigo, ele não imagina o que está prestes a acontecer. Se tivesse pedido a namorada em casamento um dia antes, ou um dia depois, Danny não teria sido preso e acusado pelo assassinato do próprio cunhado. Mas quem acreditará na sua versão dos acontecimentos quando as testemunhas de acusação são um advogado criminal, um ator famoso, um aristocrata e um empresário bem-sucedido?
Condenado a 22 anos de prisão e mandado para o presídio mais seguro da Inglaterra, ele contará com a ajuda de Beth para iniciar uma busca implacável por justiça, obrigando os quatro inimigos que o condenaram a lutar pela própria sobrevivência. 

10 comentários:

  1. Meu Deus! Que perfeitos!! Eu já estava sabendo sobre os três primeiros, mas é a primeira vez que leio as sinopses, e nossa, Sangue parece maravilhoso, me lembra até Edgar Alan Poe. A cor do leite, parece muito tocante, aqueles livros que te fazem chorar de morrer! O conto do covarde parece delicioso de ser lido e Prisioneiro da sorte, muito instigante, amo romances policiais.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. óie Lu
    já li O prisioneiro da sorte, e estou com Sangue para ler. A promessa de que o vampiro é mais macabro do que Conde Drácula elevou muito as minhas expectativas.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  3. Oie!

    Achei incrível o enredo do livro a cor do leite, e esse estilo de escrita por si só já é angustiante, imagina somado à uma historia tão forte?! Adicionado à minha lista de livros pra comprar na bienal!

    Beijos ^-^
    http://poesiadestilada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Os 3 primeiros me despertaram um interesse enorme. E acabei solicitando a cor do leite <3 O Conto do Covarde parece ser incrível, e tem uma capa lindíssima. Já Sangue, nem precisa falar né?

    Adorei os lançamentos da BB desse mês, foram grandes obras. Até mais,

    Italo.

    ResponderExcluir
  5. Meu deus só lançamento perfeito!! Quero muito ler Sangue e A cor do leite, sinopses incríveis.Na verdade quero ler todos, só coisa boa haha

    ResponderExcluir
  6. o único destes lançamentos que me deixou curiosa é A cor do Leite. e essa capa ficou divina também né?! *-*

    ResponderExcluir
  7. Os dois primeiros me deixaram curiosa! E essas capas? Um mais linda que a outra! *-*

    ResponderExcluir
  8. Adorei os lançamentos. To vendo que eu vou ter que vender algum parente para comprar todos os livros que eu quero kkkkkkkkkkkkkk
    As capas são magníficas e estou super a fim de ler Prisioneiro da Sorte!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lu!

    Desses lançamentos eu me interessei por A Cor do Leite, parece ser super legal. <3

    Beijão,

    Natalia Leal
    Páginas Encantadas
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto em outro blog sobre esses lançamentos e o que me chamou mais a atenção foi "A cor do leite" que parece ser do tipo que eu gosto.

    http://amordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir