11/10/2014

Resenha: O Livro dos Vilões

Título: O Livro dos Vilões
AutoresCecily Von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund e Fabio Yabu
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Organizado da mesma forma que O livro das princesas – também com o esquema de dois populares autores nacionais, e dois nomes famosos do exterior – O livro dos vilões reúne estes autores para uma coletânea de contos sobre vilões icônicos dos contos de fadas. As irmãs de Cinderela? Malévola? Madrastas e lobos? Carina Rissi, Cecily Von Ziegesar, Diana Peterfreund e Fábio Yabu estão aqui com a mensagem: este não é um livro tão bonzinho quanto o seu antecessor. 



Ah, como eu adoro os vilões. Sempre tive uma queda pelo lado negro da força e muitas vezes isso não é valorizado – mas, sejamos sinceros, existe coisa mais engraçada do que um vilão irônico, sexy e bem humorado? Pensando nisso, é claro que eu tinha que ler O Livro dos Vilões, um livro que reúne quatro releituras de contos de fadas que já conhecemos (falarei deles separadamente), mas mostrando o outro lado da moeda. E com quatro autores tão prestigiados quanto Cecily Von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund e Fabio Yabu é claro que não poderia dar errado, não é mesmo?


  • #stepsisters – Sobre sapatos e selfies – Cecily Von Ziegesar

Esse foi meu primeiro contato com a autora da famosa série Gossip Girl. Infelizmente, não foi tão proveitoso como eu achava que iria ser: esse é de longe o pior conto de todo o livro.

Ceciliy Von Ziegesar nos propõe uma releitura de Cinderela, onde as duas irmãs más são gêmeas apaixonadas por sapatos e famosas no Instagram. Elas fazem de tudo para se aproveitar da inocência de Cindy. Esse enredo, juntamente com uma liquidação de sapatos, uma fada-madrinha gay e um príncipe não tão encantado assim e você tem uma preciosidade nas mãos, certo? Só que não.

A trama nem os personagens conseguiram convencer. Não sei o motivo de esse conto ter sido logo o primeiro do livro (talvez seja pelo peso do nome da autora), mas com certeza não foi uma boa escolha, visto que ele me desanimou completamente para o que eu encontraria nos próximos contos.

A autora poderia ter abordado a história que tinha em mãos de diversas maneiras, mas optou por seguir pelo clichê ao colocar as meias-irmãs más como fúteis e sem graça. Só que, infelizmente, Cindy seguiu pelo mesmo caminho, então o conto todo ganhou um ar sem graça, mesmo que tenha me feito rir em alguns momentos. Uma pena. :(

Sapatos bonitos só cabem em almas bonitas. #Louboutin. p. 46

  • Menina Veneno – Carina Rissi

Carina Rissi, SUA LINDA! Sinceramente, qualquer livro que essa moça escrever, pode me colocar na fila para comprar. Ela provavelmente deve ter algum tipo de magia, porque simplesmente não tem outra explicação para todas as coisas que ela escreve me ganharem desse jeito, minha gente!

Menina Veneno é o resumo de tudo que eu esperava para O Livro dos Vilões. Carina Rissi conseguiu pegar a trama de Branca de Neve, dar uma repaginada e fazer com que ela ficasse tão envolvente que mais uma vez eu me vi “do lado negro da força” – e isso é um grande feito, visto minha paixão pelo conto original. Para isso, ela narra a história de Malvina, uma modelo mundialmente conhecida, que acaba perdendo espaço em suas campanhas para sua enteada, Bianca. Bom, vocês já viram a competição que isso vai ser, não é?

Tudo ficou na medida certa no conto e isso fez com que o enredo ficasse tão fluido que, mesmo quando terminou, eu queria mais e isso aconteceu porque fiquei muito apegada por Malvina, a protagonista. Menina Veneno realmente me fez olhar pelos olhos da dita “personagem má” e ver como alguns vilões são apenas incompreendidos. Gostei tanto disso que eu acabei o conto querendo mais. A Carina Rissi bem que podia investir em um livro com esse enredo, faria SUCESSO!

Bianca podia se tornar a nova Menina Veneno, ganhar o coração do homem que eu queria, mas minha beleza... Não, ela não me colocaria sob sua sombra. Ninguém faria isso. Era tudo que eu tinha.
Sim, meu bem, você está certo. Foi naquele momento que decidi agir. Você é um bom observador. p. 99



  • Quanto mais afiado o espinho – Diana Peterfreund

Tive uma opinião bem neutra a respeito desse conto. Gostei muito de poder ler novamente algo da Diana Peterfreund, visto que li A Sociedade Secreta – Rosa e Túmulo e foi um livro que eu adorei, mas, para mim, esse conto não teve nada muito surpreendente para que se destacasse dentro de O Livro dos Vilões.

Em Quanto mais afiado o espinho conhecemos Malena, uma bruxa adolescente que só quer ter uma vida normal. Já passou por poucas e boas com sua mãe, pois as pessoas sempre as rejeitaram, apesar de virem atrás de suas habilidades sempre que algo ruim acontecia em suas vidas. Eis que Malena finalmente vê uma oportunidade para finalmente ter a normalidade e se joga com tudo nisso. Só que nem sempre as coisas são só flores...

Peterfreund assumiu o risco e resolveu falar sobre um tema muito atual: o fato de alguém querer ser aceito e também o temido bullying. Só que, por ter bruxas no meio, eu pensei que ela iria para um caminho diferente, um pouco mais original, só que não foi bem isso que aconteceu e isso acabou me frustrando um pouco. A falta de um ápice que choque o leitor também foi outro fator, já que isso deixa a narrativa muito morna do começo ao fim do conto. Porém Peterfreund trabalhou bem na sua protagonista e o crescimento dela ao longo da história foi evidente e a única coisa que me animou em Quanto mais afiado o espinho.

Queria roubar sua noite especial, mas desejos são coisas afiadas e espinhosas, e não percebi quão fundo os meus poderiam ferir. p. 220

  • A Menina e o Lobo – Fábio Yabu

Estou literalmente apaixonada por esse conto. Com certeza é o conto mais fofo e mais bem elaborado de todo o livro, o que fez com que O Livro dos Vilões fosse fechado com chave de ouro. Apesar de nunca ter lido nada do Fábio Yabu, já acompanho seu trabalho há um bom tempo e sempre estou ligada nos Nerdcasts que ele participa. Então, minhas expectativas, que estavam bem altas, foram totalmente superadas. Palmas!

Em A Menina e o Lobo temos a história do Lobo Mau, que está condenado a reviver momentos de sofrimento sempre que sua história é recontada. Ele não aguenta mais passar por isso e faria de tudo para escapar daquele mundo onde está aprisionado. Eis que essa oportunidade surge e ele vem parar no mundo real, onde conhece Clara. A partir desse momento, uma linda amizade surge e faz com que as pessoas vejam o Lobo Mau não é tão mau assim...

Fábio Yabu com certeza fez mágica com esse conto. De longe é mais trabalhado de todos os contos e isso faz com que ele seja o mais completo em termos de enredo. Aqui temos ódio, vingança, amizade e muita ação. É aquele enredo que te prende mesmo sem você notar e, quando você percebe, já está na última página. Isso tudo se deve as várias referências que o autor usa, desde os mais diversos contos de fadas (até a Elsa aparece, gente!), até celebridades mundiais. Não tem como não se apaixonar por essa história, afinal, a mensagem no final é muito forte e bonita. Fica a mesma dica que dei para a Carina Rissi: se o Yabu fizesse um livro com esse enredo, iria ser sucesso de vendas e eu iria ser uma das primeiras da fila para comprar! <3

Durante minha curta estada com Clara, a cada noite a paleta do Universo me era revelada. Cada um dos nossos encontros adicionou mais cor não apenas ao meu coração, mas ao mundo à minha volta. p. 302
Não tenho como negar: os contos nacionais se destacaram em O Livro do Vilões. Carina Rissi e Fábio Yabu carregam todo o livro com seus contos incríveis e muito bem trabalhados. Para quem é fã do “lado negro da força”, esse é um livro altamente recomendado, apesar dos seus altos e baixos (o que quase sempre acontece em uma antologia). 

13 comentários:

  1. Nunca tive muito interesse em ler esse livro mas sua resenha mudou um pouco minha opinião ^^
    Já estou curiosa :))

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  2. Olha eu tenho o livro anterior das Princesas, mas ainda não tive a chance de ler e já vi várias resenhas comentando muito bem sobre ele, mas já o dos vilões eu ainda não tinha lido nenhuma resenha até agora. Eu gostei de tudo que você contou sobre cada um dos contos, até porque eu acho bastante interessante cada autor se juntar e escrever sobre uma história diferente. Isso eu acho simplesmente lindo.
    E sabe de uma coisa em falando em vilã?
    Eu agora vejo a Bela Adormecida com outros olhos depois que assisti Malevola.
    Não dá pra acreditar agora que ela era tão má (risos)
    Mas eu curti, vou ver se compro esse livro mais pra frente, porque eu quero saber mais sobre outras histórias também.

    Se cuida linda e fica com Deus
    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não tenha visto esse livro mais a resenha esta ótima
    com certeza o livro é maravilhoso bom final de semana.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  4. Preciso ler URGENTE algo do Fabio Yabu! A tempos que estou querendo mais ainda não consegui encaixá-lo na minha lista quilométrica de livros :(

    Beijão, Luara!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também preciso ler URGENTEMENTE algum livro dele! Te entendo completamente. :/

      Excluir
  5. Oi!
    Estou mega curiosa para ler esse livro.
    Imagina, um livro inteiro contado pela perspectiva de vilões?
    Me interesso ainda mais, sabendo que foi escrito por autores autores tão bons.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook - Tem promoção lá no blog. Não fique fora dessa!

    ResponderExcluir
  6. Oi. Adorei essa história de recontar os contos de fadas de maneira a dar enfoque para os vilões, que se você olhar de perto não são tão vilões assim! :D Amoooo... :D Já add na minha lista de indicações. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Esses livros não fazem muito o meu estilo, mas desde o outro eu fiquei curiosa em ler, agora mais ainda...quem sabe um dia!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oie, td bom?

    Eu estou com o livro das Princesas para ler e já engatilhado o dos Vilões, acho que os dois livros prometem hehe

    Beijos
    Arrastando as Alpargatas

    ResponderExcluir
  9. Oie Lu
    eu estou na sede para ler esse livro, porque né? vilões é muito <3
    Estou muito curiosa para os contos nacionais. não é por nada não, mas nossos autores arrebentam.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Já há algum tempo que estou de olho nesse livro, mas sempre ficava indecisa se deveria ou não comprá-lo. Tenho certo medo de ficar decepcionada, porque detesto quando recontam as histórias de grandes vilões com o propósito de torná-lo "heróis" no final.
    Gostei muito da sua resenha, me deu uma ideia melhor sobre o que livro aborda e já me convenceu a dá-lo uma chance.
    2surrealistas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. aaah, os vilões... as vezes gosto muito mais deles do que dos mocinhos... hahaha
    o conto da Cecily tinha tudo para ser bom, que pena que não foi ;~~
    a Carina escreve tão bem não é?? também sou dessas de querer tudo o que a autora escreve!hahaha
    estou querendo este livro principalmente por causa do conto dela! ;x
    da Diana e do Fábio, estou curiosa para ler porque nunca li nada deles...

    ResponderExcluir
  12. Eu vi muuuita gente postando foto e falando bem desse livro,mas não sabia do que se tratava,imaginava que era uma coisa totalmente diferente.E eu gostei disso!
    Essa coisa de vilão tb me chama um pouco de atenção e esses contos parecem ser beeem legais (mas não consegui ler o trecho do ''Menina Veneno'' sem cantarolar na cabeça aquela música que tem o mesmo nome rs).
    Fiquei com vontade de ler!

    Beijos

    ResponderExcluir