06/02/2015

Resenha: O Irresistível Café de Cupcakes, de Mary Simses

Título: O Irresistível Café de Cupcakes
Autora: Mary Simses
Páginas: 288
Editora: Paralela
Ellen é uma advogada de Manhattan e seu noivo está prestes a se tornar um importante político. Tudo em sua vida parece estar perfeito e no caminho certo. Até que ela decide realizar o último desejo de sua avó e entregar em mãos uma carta. Para isso, ela precisa ir para Beacon, uma charmosa cidadezinha do interior. Entre cupcakes de blueberry e deliciosas rosquinhas, Ellen desvenda os mistérios da vida de sua avó. Aos poucos, ela descobre os simples prazeres da vida e que “perfeito” nem sempre é o que parece.




Antes de mais nada, preciso que todos saibam de uma coisa (se já não sabem): eu sou apaixonada por romances. Posso já ter lido vários livros com a mesma premissa e o enredo pode ter o andamento mais previsível de todos, mas eu simplesmente não consigo resistir a um livro do gênero. Se for um romance bem água com açúcar então... É exatamente por esse motivo que um livro com o título de O Irresistível Café de Cupcakes não poderia ter passado despercebido, ainda mais com a indicação para leitores do Nicholas Sparks que aparece na capa. E, como vocês já podem prever, estou nas nuvens com esse livro. É doce a ponto de ser irresistível.

Talvez Roy tivesse razão quando disse que a vovó me mandou para cá para descobrir os segredos dela. Talvez ela tenha me mandado para descobrir os meus segredos também.
Uma mulher de Nova York. Um noivo. Uma cidade do interior. Uma paixão avassaladora. Uma decisão a ser tomada. É claro que vocês já sabem o que vai acontecer nessa mistura toda, não é mesmo? Por mais que seja totalmente previsível do começo ao fim, em O Irresistível Café de Cupcakes temos aqui um daqueles romances deliciosos em que nos apegamos aos personagens e torcemos para que tudo dê certo no final das contas (o que não é difícil para quem é uma romântica incurável que nem eu). Mary Simses aposta nesses clichês do gênero para ganhar o coração dos leitores e consegue fazer isso através de uma narrativa fluida e cheia de sensibilidade.

Para que isso ocorra, a autora aposta em um assunto que sempre emociona: a família. Em todo o enredo, temos um grande enfoque nesse assunto, uma vez que Ellen, a protagonista, vai para o interior do estado do Maine para descobrir os segredos da vida de sua avó. Simses mostra que os laços familiares sejam de extrema importância para o nosso crescimento pessoal e o faz com maestria, transitando pelas várias nuances do amor. Por mais que o enredo por vezes fique um pouco massivo, com a autora dando importância a detalhes que não têm muita relevância para a história como um todo, esse é o ponto que faz toda a leitura valer a pena, uma vez que a torna leve e muito doce.

A construção dos personagens também é outro aspecto que faz torna o enredo encantador. Ellen, a protagonista, começa como uma pessoa superficial, mas, ao longo do enredo, ela entra em confronto com sentimentos fortes e experiências marcantes e, como temos uma narrativa em primeira pessoa, isso faz com que seu desenvolvimento seja visível: ela se torna uma pessoa mais forte e preparada para lidar com as adversidades da vida; já o encantador Roy carrega todo aquele jeito de homem do interior e faz com que o romance que vemos ao longo do enredo seja uma delícia de ser lido. Um fato interessante é que a autora não caracterizou Hayden, o noivo de Ellen, como o grande vilão de tudo. Aqui temos uma história sobre o amor em sua mais simples forma: ele simplesmente acontece.

"Suponho que a lição de tudo isso seja não chegar aos oitenta anos fazendo um retrospecto da vida e se perguntando se fez a escolha certa ou como a vida teria sido diferente se você tivesse feito uma opção e não a outra."
Apesar de bem previsível, O Irresistível Café de Cupcakes um daqueles livros que você pega em uma tarde de domingo com chuva, com um bolo saído do forno para acompanhar (se for um cupcake de blueberry, melhor ainda!) e um café bem quentinho. Não espere grandes surpresas ou acontecimentos: esse é o livro ideal para relaxar e deixar a vida real de lado por um tempinho. Se você é um romântico incurável como eu, não espere nem mais um segundo: leia o quanto antes e se apaixone por essa história regada a romance e a cupcakes! <3

P.S.: Sou apaixonada pela capa desse livro! É ou não é muito amor? 

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui está o mesmo clima, Carla! Deu vontade de mergulhar na história de novo! <3

      Excluir
  2. Lu, a capa é realmente um amorzinho. Confesso que também sou apaixonada por romances, sejam eles previsíveis ou não. Ainda mais quando são narrados em primeira pessoa, parece que conseguimos "compreender" o personagem ainda mais. Me sinto muito mais próxima de um personagem quando a narrativa é assim, por isso tenho um carinho especial por narrativas como esta. Eu ainda não conhecia este título, mas por ser louquinha por romances, obviamente fiquei super curiosa para conhecê-lo ainda mais! Parece ser uma gracinha mesmo.

    Beijos,
    Caroline, do http://www.criticandoporai.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha... Esse livro já estava na minha wishlist, e com sua resenha fiquei ainda mais animada para ler o livro.

    ResponderExcluir
  4. temos isso em comum então, porque também sou apaixonada por tramas romanticas, mesmo se forem clichês e tudo o mais hehe
    desde que este livro foi lançado eu tenho curiosidade em ler ele, mas sabe como é né... vivo postergando... hahahah
    a capa é linda e a trama também parece ser incrível! preciso ler logo ;~~

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu!

    Fiquei curiosa para ler esse livro recentemente, e agora que sei que ele é água com açúcar e tem cupcakes, estou mais ainda! hahaha Adoro esse tipo de história, porque me deixa suspirando o tempo todo, e aposto que vou ler ficando faminta rs A resenha está um amor. Beijos!

    http://litteraturamundi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu!

    Fiquei curiosa para ler esse livro recentemente, e agora que sei que ele é água com açúcar e tem cupcakes, estou mais ainda! hahaha Adoro esse tipo de história, porque me deixa suspirando o tempo todo, e aposto que vou ler ficando faminta rs A resenha está um amor. Beijos!

    http://litteraturamundi.blogspot.com

    ResponderExcluir