10/06/2015

Resenha: Elena - A Filha da Princesa, de Marina Carvalho

Título: Elena - A Filha da Princesa
Autora: Marina Carvalho
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Este não é um conto de fadas comum. Sim, existe uma princesa. Não uma donzela, mas uma jovem moderna, preocupada com os problemas de seu tempo. Há também um príncipe. Só não espere que ele seja um perfeito cavalheiro. Afinal, uma pitada de bad boy nunca fez mal a nenhum herói. Elena, filha da princesa Ana — a brasileira que se tornou herdeira do trono da Krósvia —, já não é mais a menininha apaixonada pelo primo Luka, com quem deu o primeiro beijo aos 13 anos. Cresceu, namorou, viajou o mundo. Mas uma notícia surpreendente a faz voltar para casa... justamente quando obrigações familiares também exigem a presença de Luka. O reencontro é explosivo. Luka não estava preparado para adulta que a prima tímida se tornou. Uma mulher que sabe muito bem o quer. E quem quer.



Ah, Marina Carvalho... Você conseguiu. Tenho que confessar que estava um pouco receosa quanto a este livro, pois quem leu a minha resenha de Simplesmente Ana sabe que eu gostei do relacionamento de Ana e Alex e que eu estava em uma época muito propícia para gostar do conto de fadas moderno criado pela autora brasileira. Quando me falaram que teríamos um spin-off da história, com personagens diferentes e uma abordagem voltada para o New Adult, é claro que fiquei com medo, mas... Resolvi arriscar. E não é que deu certo?

O que vejo entre eles é um amor tão grande que desconfio ser único, impossível de haver outro igual, mesmo para mim. p. 23
Terceiro livro do ciclo que envolve a família real da Krósvia, aqui temos um foco em Elena, filha de Ana e Alex e tenho que confessar que meu envolvimento com a personagem e com a sua história demorou um pouco para acontecer. O grande motivo para isso acontecer foi que eu não queria me desapegar do casal protagonista dos outros dois livros e, mesmo sem me dar conta, me via querendo que o foco fosse para os dois de alguma forma e foi estranho vê-los como personagens secundários nesse livro. Mas, no final das contas, Elena conquistou espaço no meu coração.

Isso aconteceu porque a Elena é uma protagonista carismática. Determinada, corajosa, forte, com uma vontade inesgotável de fazer o bem para os outros. Ou seja, totalmente diferente do padrão da mocinha perfeita, mimada e irritante que passa a história inteira esperando ser resgatada por um príncipe. E isso tinha tudo para acontecer, uma vez que a protagonista foi criada dentro de uma família real, mas a autora Marina Carvalho conseguiu desenvolvê-la de forma com que ela ficasse real, imperfeita e isso foi o ponto chave para criar uma identificação com o leitor. Só isso já foi o suficiente para que eu mergulhasse de vez na história, afinal, protagonistas assim sempre me conquistam. Mas o que me cativou mesmo foi o romance.

Como eu disse lá no começo da resenha, a autora se propôs a criar um New Adult nessa nova história da família Markov. E tenho que admitir que perdi o fôlego com o romance entre Elena e Luka! Há uma tensão sexual enorme entre os dois e é impossível não ficar com aquela expectativa para que tudo dê certo. Para tornar o romance ainda mais cativante, a autora utilizou uma narrativa em primeira pessoa alternada entre os protagonistas e esse artifício foi essencial para que ficássemos ainda mais envolvidos com esse relacionamento, uma vez que deu oportunidade para que ambos os personagens fossem bem desenvolvidos. Sem contar que acabei me apaixonando pelo Luka também. <3

Quando olho nos olhos dele, enxergo as sombras que o atormentam. É difícil não me sensibilizar com o que vejo. Luka é um homem e tanto, mas suas dores, seus mistérios, derrubam o gigante sempre que ele baixa a guarda. p. 170
Alguns de vocês devem estar pensando: mas eu não li nenhum dos dois primeiros livros, será que vou conseguir ler Elena sem nenhum problema? Fiquem tranquilos: por ser um spin-off, o livro é independente dos dois primeiros e você consegue entende-lo sem problemas. Se você, assim como eu, leu Simplesmente Ana e De Repente Ana e adorou, pode ter certeza que agora você vai ficar ainda mais apaixonado por essa narrativa envolvente que a Marina Carvalho sempre nos oferece. Elena veio para surpreender. Vale a pena dar uma chance. 

2 comentários:

  1. Oi Lu!

    Ainda não li nada da Marina, Mais estou surtando com as resenhas. Tenho simplesmente Ana e pretendo ler logo... Adorei sua resenha!

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oláaa!
    Estou doida para ler esse livro! Amo tudo que remete à épocas diferentes, e ainda mais quando é romance...
    Adorei a resenha, preciso desse livro logo!

    Beijinhos

    Paixão de Leitora | Fanpage

    ResponderExcluir