23/06/2015

Resenha: A Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard

Título: A Rainha Vermelha
Autora: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Páginas: 424
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.

Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?

Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.




Vamos aos fatos: depois de tanta gente comentar a respeito de A Rainha Vermelha, é quase impossível não ficar com aquela curiosidade quase que mórbida para saber o que esse livro tem de tão especial, não é mesmo? Sem contar que a capa é uma daquelas que chamam a atenção e te fazem querer ter o livro na estante mesmo sem ter um pingo de noção sobre a sinopse. Eis que minha vontade de ler aumentou ainda mais quando vi que a história poderia ser considerada uma mistura de Game of Thrones, A Seleção e X-Men. Apesar de realmente ter entregado tudo que prometeu - desde a ação até as comparações feitas com histórias que gosto muito - e de ter me empolgado bastante, a minha expectativa foi mais uma vez a vilã da leitura. Terminei o livro com aquele gosto de quero mais.

Esta é a verdadeira distinção entre prateados e vermelhos: a cor do sangue. Esta única diferença os torna mais fortes, mais inteligentes e melhores que nós. p. 14
De tirar o fôlego. Eis uma frase que define bem o enredo de A Rainha Vermelha. Com diversas reviravoltas, somos apresentados a uma história em que a ação fica em primeiro plano e não deixa nada a desejar: a cada novo capítulo, algo diferente acontece e muda totalmente o rumo dos personagens. Essa foi uma das coisas que me deixaram muito empolgada, uma vez que há muito tempo procurava um livro voltando para o público jovem adulto que tivesse essa característica bem desenvolvida, já que a grande maioria dos livros que li que prometiam isso sempre focavam no romance e isso fazia com que todo um potencial fosse perdido e isso não aconteceu aqui, já que a autora conseguiu trabalhar bem com os elementos apresentados.

Como A Rainha Vermelha é um livro focado em injustiças e revoltas pela igualdade, a autora Victoria Aveyard faz com que esse seja o ponto principal do enredo e, com isso, o leitor cria um vínculo forte com a história e é por essa razão que quanto mais páginas você lê, mais você se envolve com ela e mais coisas você quer que aconteçam para resolver a situação em que os personagens estão inseridos. Você acaba se envolvendo tanto que torce para que tudo dê certo, sente a angústia de todos os momentos de dúvida e tensão e se surpreende demais com as reviravoltas. Isso e a narrativa fluida da autora fazem com que as 424 páginas que compõem o livro passem em um piscar de olhos.

Porém, tenho que admitir que fui conquistada por Mare, a protagonista. Ela é forte, ousada e determinada, mas, ao mesmo tempo, não temos uma personagem inatingível: através da narrativa em primeira pessoa, temos contato com suas dúvidas, inseguranças e também com toda a adrenalina gerada pela situação em que ela está envolvida. É uma personagem completa e isso realmente me encantou. Mas, no que diz respeito aos outros personagens, nenhum me convenceu o suficiente. Cal e Maven, que são os príncipes da história, não me cativaram em momento algum e isso fez com que o romance que foi proposto - ainda que esse não tenha sido o enfoque da história - não me despertasse maiores interesses. Mas, felizmente, a autora soube trabalhar bem em cima de todas as personalidades dos personagens secundários e isso fez com que eles também tivessem um papel importante dentro do enredo.

Você não é prateada. Seus pais são vermelhos, você é vermelha, seu sangue é vermelho.  p. 86
A única coisa que me decepcionou um pouco foi que a partir de certo momento as reviravoltas se tornaram um pouco óbvias para mim. Desde a metade do livro eu já sabia praticamente tudo que iria acontecer e aquele final surpreendente que eu tanto esperava não aconteceu. Mas isso não tirou o brilho do livro como um todo: por ser apenas o primeiro volume de uma trilogia, A Rainha Vermelha é muito satisfatório, uma vez que foge daquele estereótipo de que todo livro que inicia uma série precisa necessariamente ser apenas introdutório. Temos ação, romance, intrigas e todo o necessário para um enredo sensacional. A expectativa para que o próximo volume seja ainda melhor é grande (e muito difícil de controlar) devido ao potencial que a autora demonstrou nesse primeiro e ao cliffhanger deixado para os leitores. Essa série promete!

Trilogia The Red Queen
  1. A Rainha Vermelha
  2. Glass Sword (Lançamento nos EUA em fevereiro/16)
  3. Sem título

21 comentários:

  1. Olha primeiramente tenho que te dar os parabéns, porque eu hiper amei a sua resenha. Comprei esse livro na pré venda e estou aguardando que o meu chegue. Estou super curiosa, porque pela maneira como você contou me parece ser uma história muito envolvente mesmo. Espero gostar. Mas o meu receio é que o livro tenha um tema muito forte sabe? Muito sangrento e tudo mais, embora o pessoal tenha dito que não é, mas enfim...Irei de qualquer jeito me arriscar. Espero de verdade que seja satisfatório pelo menos para mim (risos)

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-lista.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Luara,
    A divulgação desse livro está realmente grande e estou muito curiosa para conhecer a narrativa da autora!!
    Fiquei empolgada lendo sua resenha e acredito que irei gostar. Ainda não sei quando lerei, pois prefiro esperar o lançamento das continuações, mas já está na minha lista de desejados :)
    Ps. Faz muito tempo que não passo por aqui e gostei das mudanças que você fez. Parabéns, está lindo!!
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que capa perfeita!! Me interessei muito pelo livro e amei sua resenha.
    Beijos

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aaaaaaaaaaaaaaaaahh!! Amei a resenha, mesmo sabendo da obviedade de alguns fatos rs
    Eu estou com ele para ler, mas a lista é tããão extensa que não sei quando conseguirei.

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  5. Oi Luara,
    Realmente, eu estou super curiosa para ler esse livro!
    Achei toda premissa bem interessante e espero ler antes do filme sair kkkkk

    A capa é maravilhosa.

    bjs e tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Realmente, todo mundo tem falado muito bem desse livro por aí. Se antes eu já estava super curiosa pra ler esse livro, a sua resenha conseguiu me deixar ainda mais! O enredo é muito Interessante e a capa é maravilhosa!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Ganhei este livro num sorteio em um evento que fui, iniciei a leitura e parei. mas agora lendo sua resenha me bateu aquela curiosidade. Quem sabe agora eu conclui a leitura. Adorei sua resenha.

    beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Só tenho lido resenhas positivas desse livro, por isso já estou com urticárias de vontade de ler ele hehe. Mas acho que vou esperar para ler. Como é o primeiro livro e eu odeio ficar esperando pelos lançamentos dos outros, acho que só vou ler mais tarde. Parabéns pela resenha, ficou ótima.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Luara, você não tem ideia de quanto eu estou louca por este livro. Eu já estou querendo lê-lo desde antes de ele ter previsão de ser lançado no Brasil. Quando vi que ia ser lançado "Em breve" pela Seguinte, surtei demais e surtei ainda mais quando vi que a previsão era pro dia do meu aniversário. Foi um daqueles momentos que o universo conspira ao seu favor <3
    E depois dessa resenha, depois de "De tirar o fôlego." eu simplesmente TENHO que ler. É uma necessidade, já passou do nível de vontade kk
    Acredita que eu não sabia que era um trilogia? Achei que era só um volume mesmo. Preciso lerrrrrrrrr. Adorei tua resenha :)
    http://portras-daslinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu vi no facebook sobre esse livro, fiquei muito curiosa. Com certeza vou ler. Amei a capa *--*
    Ótima resenha;

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gostei da resenha Luara. Quero muito ler este livro e fico feliz por saber que a trama tem tantos pontos positivos. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  12. MUITO curiosa para ler esse livro, minha amiga que ganhou esse livro e fez resenha para mim... E sempre estou lendo isso de "essa série promete" então essa eitura está no Top da lista de livros desejados.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Estou muito, mas MUITO curiosa com este livro, certamente virá para minha estante logo! hehehe
    Adorei a resenha Luara!
    beijinhos

    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Oie, Luara! Conheci seu blog agora e achei muito lindo e fofo :33 Vou acompanhar, já o segui *__* Wow, só vi resenhas positivas desse livro, to muito afim de ler. Acho que o melhor lançamento do mês. Bjs!!!

    www.bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Luara, é um livro adulto? A história parece bem interessante, mas não sei se encaro uma trilogia que ainda está no primeiro livro... =/
    Não sei por que, mas me lembrei de "Academia de Vampiros". Acho que é porque lá também existe essa mesma coisa de um grupo plebeu que serve outro nobre.
    Beijo! ^_^

    ResponderExcluir
  17. Oi Luara,

    Eu li A Rainha Vermelha e estou ansiosa pela continuação, devo confessar que o livro é eletrizante, e prende a atenção. Amei a Mare, mas achei que ela confiava rapidamente nas pessoas. Os príncipes... o que falar deles: ao mesmo tempo que entendem a sociedade, parecem ter os olhos fechados.
    Algumas coisas foram bem obvias, como você falou, mas destruiu o brilhantismo da obra.

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oie Lu =)

    Estou esperando meu exemplar chegar para conferir o tão falado Rainha Vermelha. Confesso que estou meio decepcionada com o fato de ser uma trilogia...

    A sua é a primeira resenha que eu leio desse livro, mas foi bom por que agora vou com menos sede ao pote.

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  19. Oi, Luara!
    Estou curiosíssima para ler A Rainha Vermelha. Todos estão comentando sobre esse lançamento, então é meio impossível não ficar curiosa, né?!
    Adorei saber que a ação é o ponto alto e que o livro não é somente introdutório, pois vemos bastante isso nos primeiros de trilogias.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    #MêsDosNamorados do Costruindo Estante. Concorra a 1 vale presente de R$ 50,00 da Saraiva.
    Participe!

    ResponderExcluir
  20. Eu estou Louquinha para comprar esse livro e com essa resenha me deixou muito mais doida. hahaah beijos!
    http://www.escritadeinverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Estou no capítulo 12 e não consigo parar de ler! Estou me controlando pra não ler tudo de uma vez pq sei que só irá ter mais ano que vem rsrs

    ResponderExcluir