09/08/2015

Resenha: Em Busca de Cinderela, de Colleen Hoover

Título: Em Busca de Cinderela (Hopeless #2.5)
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 160
Neste conto da bem-sucedida e adorada série Hopeless, o leitor conhecerá melhor dois personagens secundários de "Um caso perdido". Daniel está no breu do armário de vassouras da escola – o perfeito esconderijo para quem quer fugir do mundo real –, quando uma garota literalmente cai em cima dele. Às cegas, os dois vivem um curto romance, mesmo sem acreditar muito no amor. No fim a garota foge, como se realmente fosse a Cinderela e tivesse uma carruagem prestes a virar abóbora. Um ano depois, Daniel e sua princesa se reencontram, e percebem que é possível nutrir um amor de conto de fadas por alguém completamente real. Juntos, os dois irão perceber que fora do faz de conta, ficar juntos é bem mais difícil e os problemas de um casal são muito reais.


Tenho que confessar que sempre tenho um pé atrás quando se trata de Colleen Hoover. Para quem viu a minha resenha de Métrica, sabe que foi um livro bem decepcionante, mas, em contrapartida, a série Hopeless, com Um Caso Perdido e Sem Esperança, me conquistou até o último fio de cabelo e, por essa razão, fiquei muito feliz quando vi a editora Galera Record iria publicar em formato impresso esse conto aqui no Brasil, porque eu iria ter mais um gostinho da série que me conquistou. Por causa do meu receio, fui com pouquíssima expectativa. E não é que fui surpreendida?

Fico surpreso com o quanto não quero que ela vá, porque sei que nunca mais vou vê-la de novo. Quase imploro para ela ficar, mas também sei que ela tem razão. Tudo só parece perfeito porque estamos fingindo que é perfeito. p. 30
Dessa vez temos uma história bem compacta. Por ser bem curtinho (temos só 160 páginas), o enredo não tem muitas reviravoltas, mas com certeza agrada o leitor e fã da série. Ao colocar o relacionamento de Daniel e Six como foco do livro e Sky e Holder como personagens secundários, temos uma visão muito mais ampla daqueles personagens que não tinham ganhado destaque nos livros anteriores e, além disso ter sido um complemento ótimo para a história como um todo, tenho que dizer que estou apaixonada por eles e que eles poderiam ganhar uma série independente que eu seria uma das primeiras a querer ler. <3

Em Busca de Cinderela é narrado em primeira pessoa pelo Daniel e tenho que admitir que a minha visão sobre ele mudou totalmente. Antes, tinha a sensação de que ele era aquele garoto um pouco idiota, impulsivo e que não pensa nas consequências, mas, a partir desse conto, temos um outro lado desse personagem: um amigo leal, cuidadoso e com sentimentos profundos. Já Six, que pouco tinha aparecido nos livros anteriores, veio e conseguiu ganhar uma voz própria. Era quase como se eu já a conhecesse em detalhes. Isso só mostrou a grande capacidade de Colleen Hoover para desenvolver personagens marcantes.

Bem, tecnicamente acho que nunca amei Val de verdade. Achava que sim, mas agora penso que se uma pessoa está verdadeiramente apaixonada, o amor dela é algo incondicional. O que eu sentia por Val não era nada incondicional. Todas as coisas que eu sentia por ela tinham certas condições. p. 74
A autora Collen Hoover mostrou mais uma vez que pode arrasar quando se trata de romances. Me vi tão envolvida que li o livro somente algumas horas. Temos todos os elementos essenciais: a química entre o casal, situações engraçadas e uma reviravolta de prender o fôlego. É nesse momento que Hoover coloca temas impactantes e que afetam muitos jovens dentro de sua trama e faz com que o livro se torne um veículo para passar uma mensagem para os leitores, principalmente para o público jovem adulto. Ou seja, é uma excelente leitura, seja você fã da série ou não. Mas, se não for, com certeza vai virar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário